“Ações do prefeito Marcos Santana na prevenção e combate à pandemia não passam de falácias e muita propaganda”, declara Adilson Júnior

O número de casos de coronavírus em São Cristóvão continua crescendo assustadoramente. Atualmente, o munícipio está entre os sete do estado com maior número de contágio e o 4° em número de mortes.

Para o pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, Adilson Júnior, este é o resultado de uma gestão ineficiente e irresponsável.

“Infelizmente, as ações do prefeito Marcos Santana, no combate à pandemia, não passam de falácias e de muita propaganda. Já fiz cobranças, demonstrando indignação, fiz minha parte trazendo recursos através de emendas dos deputados Fábio Mitidiere e Fábio Henrique, mas a situação só tem piorado e vidas estão indo embora”, lamentou.

Em apenas 1 mês, o número de casos confirmados e óbitos tem multiplicado. Em 20 de julho São Cristóvão tinha 693 confirmados e 28 óbitos, hoje, um mês depois, o município possui 1378 confirmados e mais de 60 óbitos.

Ainda segundo o pré-candidato, o atual prefeito não lidera o combate a Pandemia, sumiu do município e não apresentou ações de prevenção que resulte na diminuição do crescente número de casos.

“Não temos barreiras sanitárias nas entradas da cidade, não temos distribuição de máscaras, luvas descartáveis e álcool em gel em feiras, pontos de táxi e locais com maior aglomeração. A prefeitura comprou oxímetro e a pistola de medir temperatura, infelizmente, somente na semana passada, entre tantas outras coisas”.

“Lamentavelmente, o que vemos é a preocupação do prefeito com política e a sua reeleição. Nesses meses de pandemia já foram nomeados mais de 50 cargos em comissão para justificar acordos políticos, enquanto milhares de pessoas sofrem sem trabalho e com perdas de familiares”, acrescentou Adilson.

É de extrema importância ressaltar que o município recebeu mais 10 milhões de reais, destinado à pandemia do novo coronavírus, e é inadmissível que não seja apresentado uma mudança eficaz para mudar o quadro atual.

Em razão disso, Adilson Júnior cobra da gestão transparência nos investimentos de toda essa verba.

“Não existe transparência. A população quer saber onde estão os recursos que chegaram para a pandemia, pois, não existem ações de combate efetivo e prevenção. Já temos mais de 60 vidas perdidas e Marcos Santana não se sensibiliza. Quantas pessoas precisarão morrer para o prefeito e a secretária de saúde, Fernanda Santana, tomar alguma iniciativa? ”.

Política baseada em mentiras

Para o pré-candidato a mentira e o descaso são as marcas desta gestão.

“O prefeito Marcos Santana tem uma política baseada em marketing e mentiras. Prometeu a Guarda Municipal para São Cristóvão no período eleitoral, não cumpriu, e hoje está fazendo muita falta no controle do isolamento social”, declarou

A pandemia não é única razão para que Adilson Júnior faça essas afirmações. “A cidade está abandonada, com um gestor ineficiente, arrogante e incapaz. Em todas as áreas o abandono é evidente, tanto na saúde, esporte, como na educação (onde recebeu nota 2,9 do Sintese). Geração de empregos e atração de indústrias não existem. Agora, próximo a eleição, para enganar a população, começa a anunciar as obras eleitoreiras”, complementou.

Para finalizar, Adilson Júnior falou, mais uma vez, do seu rompimento político com Marcos Santana.

“Não tenho nenhum interesse em ser vice ou aliado do homem que enganou o povo de São Cristóvão e que frustrou os sonhos de uma população em ter uma cidade melhor de se viver. Pela responsabilidade e compromisso que tenho, esperei o momento certo para discutir política e, por isso, lancei minha pré-candidatura a prefeito do município.

 

 

 

 

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta