Adilson diz que, se eleito, irá abrir a caixa preta dos Royalties em São Cristóvão

O pré-candidato a prefeito de São Cristóvão, Adilson Júnior, cobra esclarecimento a prefeitura municipal sobre os gastos dos recursos extras de mais de 55 milhões arrecadados em São Cristóvão e afirma que, se eleito, fará questão de abrir a caixa preta dos Royalties.

“O uso da verba pública exige transparência, ato pregado pela atual gestão, mas que, na prática, tem falhado absurdamente. Não se tem conhecimento em que foi gasto os mais de 55 milhões de recursos extras recebidos na cidade de São Cristóvão e, por isso, exijo que a prefeitura informe a população onde foi parar todo esse dinheiro e destaco, se eleito, farei questão de abrir a caixa preta ainda no primeiro mês de mandato, a fim de trazer resposta aos São-cristovenses”, declarou Adilson.

Para o pré-candidato, a verba pública já recebida daria para fazer uma revolução administrativa no município, todavia, somente é visto falhas na saúde, educação, esporte, dentre outros quesitos.

“Cadê os 55 milhões que entrou no município de São Cristóvão? Todo os dias a população vem reclamando que não tem remédio nos postos de saúde, não existe investimento na área de esporte, a educação nitidamente está precária e professores são desvalorizados, a parte estrutural da cidade está totalmente abandonada, ruas esburacadas, obras paradas a meses, sem serviços de saneamento básico, enfim, está um caos e todo esse quadro poderia ser transformado com o dinheiro dos royalties já recebido”.

É, sem dúvidas, questionável essa falha na transparência, pois é a partir delas que a população tem o controle sobre a atuação de seu representante, sendo assim, a medida adotada pelo prefeito Marcos Santana impede que haja essa fiscalização popular.

“A forma que Marcos Santana tem direcionado essa verba pública tornou-se duvidosa, pois não existe transparência, nem investimentos. Por isso, volto a perguntar: Onde estão os 55 milhões que entrou no município de São Cristóvão?”, indagou o pré-candidato.

“Vamos abrir a caixa preta dos Royalties e vamos mostrar o total que entrou, onde foram gastos, o quanto vai entrar e onde será gasto. Mensalmente, vamos revelar ao povo de São Cristóvão, com transparência, onde é que estão os recursos da prefeitura municipal. Isso é o básico para representar a responsabilidade e comprometimento de um gestor com a população”, complementou Adilson Júnior, comprometendo-se com os São-cristovenses.

“Fiscalizar é Importante”

Em um momento de crise, o gasto de recursos públicos não pode ser ignorado, nem desprezado. Assistimos, de forma recorrente, políticos construírem sua imagem baseados em marketing e dinheiro, sem apresentar um conteúdo concreto, projetos e ideias criativas para melhorar as condições de vida da população.

Próximo ao período eleitoral, a população deve exercer o seu papel de forma minuciosa e redobrada, assegurando-se que não haja desvio de verbas públicas em campanhas e avaliando a antiga gestão, suas obras e ações, para assegurar-se se é considerável que o atual representante retome ao poder.

Desta mesma forma, deve-se avaliar o histórico político dos novos candidatos e seus projetos de inovação, ainda mais em uma cidade com tantas precariedades e, ao mesmo tempo, com um grande potencial, como é São Cristóvão.

Adilson Júnior retrata esta campanha como uma das mais importantes da história de São Cristóvão, pois exigirá muito da próxima gestão.

“Estamos prestes a vivenciar um pós-pandemia. A decisão política da população na próxima eleição determinará o caminho que a cidade irá trilhar em todos os aspectos. Atualmente, temos visto nitidamente a forma ineficiente de combate e, principalmente, prevenção contra a Covid-19 do município, dessa forma, o próximo gestor terá o desafio de lutar para organizar o caos deixado na área da saúde. Economicamente, São Cristóvão já sofre com a grande taxa de desemprego e desvalorização do comércio local e, com esta crise, é de extrema importância que os eleitores analisem cautelosamente todos os pré-candidatos e seus projetos, pois, se não administrada da forma correta, a cidade e os populares irão perecer ainda mais”.

 

 

 

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta