Alunos da rede estadual recebem kits de merenda e material escolar

A entrega será de um kit por aluno, ou seja, as famílias receberão quantidade de kits referente ao número de alunos matriculados na escola. Somente para a aquisição dos kits de merenda, o Governo de Sergipe está investindo mais de R$12 milhões e ação que deve acontecer de forma escalonada para evitar aglomerações

A distribuição dos kits de merenda e de material escolar aos alunos matriculados no ano letivo de 2021, na rede estadual de ensino, continua acontecendo em unidades de ensino de todo o estado. Somente para a aquisição dos kits de merenda, o Governo de Sergipe está investindo mais de R$12 milhões. As escolas terão de 5 a 30 de abril para realizar a distribuição desses alimentos aos estudantes, ação que deve ser feita de forma escalonada para evitar aglomerações. A entrega será de um kit por aluno, ou seja, as famílias receberão quantidade de kits referente ao número de alunos matriculados na escola.

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, esteve no Centro de Excelência Professora Ofenísia Freire, em Aracaju, na manhã desta quarta-feira, 14, onde acompanhou a entrega dos kits aos pais e mães de alunos da comunidade.

Logo cedo, os funcionários organizaram os materiais escolares e gêneros alimentícios no pátio da escola. A cada pai e mãe que chegava, sempre mantendo os protocolos de distanciamento, os kits eram entregues pela equipe da unidade de ensino. O secretário falou sobre a importância dessa iniciativa, que está sendo realizada por todas as 325 escolas da rede estadual. Para ele, essa é uma forma de as escolas manterem a vinculação com os estudantes e suas famílias e se adaptarem a este momento da pandemia. “De um lado estamos melhorando a segurança alimentar dos nossos estudantes, de outro, estamos provendo material escolar. Eles já receberam os livros didáticos e agora estão recebendo material para uso individual. Para nós, é um momento de muita alegria perceber que, nas condições adversas em que nos encontramos atualmente, as escolas estão funcionando e trabalhando arduamente. É muito estimulante para nós ver esses resultados, ver os nossos desejos se transformarem em fatos e ações concretas para a melhoria da qualidade do ensino”, disse.

Os kits de merenda são compostos de gêneros alimentícios como arroz, feijão, biscoito, sucos, macaxeira, frango, entre outros. Já os kits escolares têm caderno, borracha, lápis, agenda, estojo, apontador, mochila, régua, entre outros materiais. São 13 itens para o ensino fundamental e 11 para o ensino médio.

Segundo o diretor Dayvid Dennis Feitosa de Figueiredo Azevedo, com o apoio do Conselho Escolar, foram confeccionados 630 kits para atender ao alunado. “Vivemos um momento de pandemia no qual muitos pais de alunos perderam a condição financeira. Então fazendo esta ação, junto à Seduc, estamos facilitando bastante a vida do estudante e dando um conforto e alento para que eles acompanhem as atividades com todo o material didático possível”, declarou.

Pais comemoram

Os pais e mães dos alunos comemoram o recebimento dos kits de merenda e de material escolar. Foi o caso de Evando Ferreira da Silva Neto, que trabalha como segurança patrimonial. “A escola é importante para a comunidade como um todo. Não estamos em um momento bom, sabemos das necessidades de todos. A gente fica feliz com essa iniciativa da escola. Isso tudo é motivo de alegria e gratidão, e nos faz ficar seguros de que nossos filhos estão em um colégio que é um exemplo para todos”, afirmou. A sua filha é a jovem Mirelle Victória Barbosa da Silva, aluna do 1º ano do Ensino Médio em Tempo Integral. Ela esteve voluntariamente para auxiliar na entrega dos kits. “Tem muita gente que está precisando muito, neste momento, e eu acho bem legal essa iniciativa de ajudar as pessoas”, disse.

Maria Dalila dos Santos Rodrigues, representante dos pais no Conselho Escolar, também acompanhou a entrega. Para ela, “muitos pais de alunos estão com seus filhos em casa com tempo ocioso, às vezes estão pedindo um lanche. Muitas famílias não têm aquele alimento para dar, então essa ação vem em um momento muito bom para eles”. A dona de casa Dioleide Bispo dos Santos foi uma das contempladas na manhã desta quarta-feira. Bastante feliz, ela não poupou elogios à iniciativa. “Esses alimentos e materiais escolares chegaram na hora certa, pois a situação está bem difícil para a gente. Tudo isso vai nos ajudar bastante e melhorar nossa vida. É uma alegria para as crianças”, declarou.

Voluntariado da comunidade

A comunidade escolar também está engajada em ajudar as escolas nesse processo de distribuição de kits escolares e de merenda. É o que está acontecendo na Escola Estadual Professor Francisco Portugal, também em Aracaju, onde cerca de 95% dos funcionários estão afastados com atestado por terem algum tipo de comorbidade. Por conta disso, pais e mães de alunos se disponibilizaram voluntariamente a ajudar a direção da escola na entrega dos kits.

A diretora Marise Rabelo dos Anjos conta que, diante da dificuldade, conversou com os pais e todos se prontificaram a auxiliar. Para melhor organizar os trabalhos, foi feita uma escala de revezamento para que a cada dia, um pai ou mãe de aluno esteja presente.

Esta unidade de ensino tem 914 alunos matriculados e os kits serão distribuídos para todos. “Muitos pais estão desempregados e nós precisamos suprir essa necessidade. A gente também está aproveitando para fazer a Busca Ativa por meio da entrega desses kits. Detectamos que alguns alunos ainda não tinham aparecido na escola, e com a divulgação que fizemos na rádio comunitária, muitos pais renovaram as matrículas dos filhos”, disse a diretora.

Uma das mães que estão ajudando é a dona de casa Josefa Everalda. “Vim ajudar voluntariamente, pois a escola precisa bastante. Estou aqui porque gosto da escola e da comunidade. Essa iniciativa está sendo muito boa para as mães que precisam, porque nesta pandemia estão faltando muitas coisas nas casas. Então precisamos ajudar o próximo. A Seduc está de parabéns por isso”, declarou.

A dona de casa Adélia Barbosa Oliveira também compareceu para pegar os seus kits e se mostrou bastante satisfeita. “Muitas mães não têm condições de trabalhar e cuidar dos filhos ao mesmo tempo; então, para nós, essa entrega dos kits está sendo motivo de muita alegria. Vai nos ajudar muito”, afirmou.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta