ANALÍTICA COM NÉLIO MIGUEL JR

19 de JUNHO DE 2021

MEIA VOLTA…
Para demonstrar que um aperto de mão valia tanto quanto um documento firmado em cartório, um político do sertão sergipano costuma dizer que “palavra de homem não é relincho de jegue”. Pois bem. O senador Alessandro Vieira anunciou que se desfiliaria do Cidadania por ‘discordar frontalmente’ da decisão do partido de desistir de uma ação que havia impetrado junto ao STF para questionar o orçamento paralelo do governo federal, o chamado tratoraço. Esse fato, justificou Alessandro, ‘inviabilizou’ sua permanência no partido. “Tenho como princípio de vida a coerência”, disse o senador.

…VOLVER
Diferente do sertanejo cumpridor do compromisso apalavrado, Alessandro desdisse a si mesmo menos de dez dias após anunciar a sua desfiliação partidária. O senador desfez as malas e aquietou o facho sob o argumento de que a direção nacional do partido confiou-lhe a tarefa de “conduzir um processo de mudança do sistema de governança do Cidadania”. Sentido-se prestigiado depois de ter o ego afagado por Roberto Freire, presidente da executiva nacional do partido, Alessandro declinou não só da desfiliação, mas também da coerência como princípio de vida.

SEGUE O BAILE
Ao se desfiliar do Cidadania, Alessandro deixaria vaga a presidência do diretório regional do partido em Sergipe, já cobiçada por alguns dos seus aliados. Candidata derrota à prefeitura de Aracaju nas eleições do ano passado e uma das lideranças do Cidadania, Danielle Garcia se apressou a negar que acompanharia o senador para outra sigla e afirmou que o partido ‘seguiria com seus associados normalmente’ após a saída do delegado. Para isso, antecipou a delegada, os membros do diretório regional da sigla já estavam organizando a transição do comando partidário.

DESENCONTRADOS
Desvencilhando-se da liderança de Alessandro, Danielle e os deputados estaduais do Cidadania têm buscado “fortalecer o agrupamento da oposição”. Imbuídos desse propósito, o grupo iniciou tratativas com o ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, visando consolidar a parceria do Cidadania com o PL, partido presidido em Sergipe pelo fazendeiro e articulador político Edivan Amorim. Comandado nacionalmente por Valdemar Costa Neto, célebre condenado no escândalo de corrupção do mensalão, o PL dá sustentação a Bolsonaro no Congresso, o que põe em campos opostos Alessandro, hoje crítico do governo federal, e membros do Cidadania.

PAI POSTIÇO
“Nosso mandato destinou para Sergipe os recursos para reconstruir a rodovia João Bebe Água”, disse o senador Rogério Carvalho (PT) ao comemorar a conclusão da obra de reestruturação da importante via de ligação entre a antiga e a atual capital sergipana. A obra, entretanto, foi realizada pelo governo estadual “100% com recursos do Tesouro”, deixou claro o governador Belivaldo Chagas (PSD) ao inaugurar a recuperação da rodovia. A reestruturação da João Bebe Água (SE – 065) foi executada no âmbito do Pró-Rodovias, uma das marcas da gestão Belivaldo.

OPOSITOR GOVERNISTA
Disposto a disputar o cargo de governador nas eleições 2022, Rogério sabe de antemão que apesar de o PT ainda fazer parte do agrupamento governista, esse bloco não dará apoio à sua candidatura majoritária. E isso coloca o senador petista numa situação sui generis de virtual candidato de oposição ao grupo do qual diz ser aliado. Na ânsia de apresentar resultados palpáveis à população, Rogério tenta tirar de Belivaldo e trazer para si o mérito da realização de obras no estado, como fez com a João Bebe Água e pretende fazer com a Orla Sul de Aracaju, outra obra para a qual o petista diz ter destinado recursos, contrariando o Governo de Sergipe, que sustenta ter utilizado recursos próprios para tal. Com um aliado desses, o governador já pode dispensar os adversários.

A NOVA VELHA POLÍTICA
Edivan Amorim, embora já tenha manifestado que pretende se afastar das articulações políticas em Sergipe, segue presidente do diretório regional do PL, avalizando as articulações do partido para as eleições do próximo ano. O partido hoje conta com dois deputados federais (Valdevan Noventa e Bosco Costa) e deverá apresentar “novos nomes” para Câmara dos Deputados em 2022. Com a provável desfiliação de Valdevan, o partido projeta as candidaturas de Zezinho Guimarães e Valmir de Francisquinho à Câmara dos Deputados. Essa chapa tende a contar com a delegada Danielle, aliada de primeira hora do empresário Milton Andrade, presidente do PL em Aracaju, junto a quem ela visitou recentemente Valmir, vice-presidente do partido no estado.

IMPRENSADINHAS

#19J
Neste sábado (19), o Cidadania se somou à esquerda no coro do “Fora Bolsonaro”. O partido de Alessandro Vieira, delegado eleito na onda bolsonarista de combate à corrupção, divulgou nota de apoio ao movimento nacional de mobilização contra o presidente da República, que reúne partidos e organizações tratadas pelo senador do Cidadania como organizações criminosas, a exemplo do PT.

BOLSOPETISMO
Na Câmara dos Deputados, o PT se uniu ao bolsonarismo e encaminhou a bancada para votar favorável ao projeto de lei que dificulta a punição de gestores em casos de improbidade administrativa. Com votos da situação e da oposição, o texto relatado pelo deputado petista Carlos Zarattini (SP) e defendido pelo presidente Jair Bolsonaro foi aprovado com folga.

QUEM TE VIU…
Esta semana, o presidente Bolsonaro anunciou um reajuste para o programa Bolsa Família. A ideia, explicou o capitão, “é dar um aumento de 50% para ele em dezembro, para sair de média de R$ 190, um pouco mais de 50% seria (o aumento), para R$ 300”, disse. De olho nos dividendos eleitorais que pode colher com o programa, Bolsonaro passou a tratar o Bolsa Família como “uma grande conquista”.

…QUEM TE VÊ
Porém, há dez anos, quando era deputado federal e fazia oposição ao governo petista da presidente Dilma Roussef, Bolsonaro defendia o fim do programa, porque, justificava o agora presidente, “cada vez mais, pobres coitados, ignorantes, ao receberem Bolsa Família, tornam-se eleitores de cabresto do PT”.

ANALÍTICA COM NÉLIO MIGUEL JR

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta