Aracaju já vacinou 85% das pessoas com síndrome de Down e TEA

De acordo com último levantamento realizada pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a Prefeitura de Aracaju já vacinou 341 pessoas com síndrome de Down e Transtorno do Espectro Autista (TEA), atingindo 85% do total de 400 doses disponibilizadas pelo Governo do Estado e destinadas a esse grupo prioritário com idade a partir de 18 anos.
As pessoas incluídas nesse grupo que ainda não se vacinaram devem comparecer ao ponto de vacinação montado no Parque da Sementeira. “Todos os códigos para essas pessoas que se cadastraram já foram liberados, e diante disso, basta apenas se dirigir ao parque, apresentá-lo com os documentos pessoais, o cartão de vacina e receber sua dose”, explica a assessora técnica da Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde, Josivânia Mesquita.
Até a próxima sexta-feira, dia 23, a vacinação desse grupo, assim como de idosos 60+, profissionais da saúde e das forças de segurança acontecerá no drive, montado no Parque da Sementeira, que funciona das 8h às 17h. Também seguirão abertos os pontos de vacinação contra a covid e as Unidades Básicas de Saúde, com exceção desta quarta-feira, dia 21, quando acontecerá o Dia D contra a Influenza.
Dia D contra a Influenza
“Nesta quarta realizaremos duas campanhas, simultaneamente. Estaremos vacinando contra a covid-19 no drive, idosos, pessoas com síndrome de Down e TEA, além dos profissionais de saúde e de segurança. Os pontos de apoio não funcionarão, excepcionalmente, no feriado, e nas Unidades Básicas de Saúde o foco será a campanha de vacinação contra a influenza, voltada para a imunização de gestantes e puérperas, e crianças de seis meses a menor de seis anos”, detalhou Josivânia.
Durante o Dia D, os serviços de rotina estarão suspensos nas UBS para evitar aglomerações e garantir que os pais vacinem os filhos sem contato com o público que procura outros tipos de atendimento.
Para ter acesso à vacina contra a Influenza, basta se dirigir à UBS mais próxima com um documento de identificação com foto e o cartão de vacina. No caso da gestante, é importante levar a caderneta da gestante, caso já tenha iniciado o pré-natal, ou o resultado do exame, caso esteja nas primeiras semanas.
Foto: Marcelle Cristinne

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta