Atheneu é o colégio que mais aprova no Enem entre escolas públicas e privadas

Até o momento, 67 alunos foram aprovados em universidades públicas. Esse número tende a crescer com a divulgação de novas chamadas dos processos de seleção

O legado educacional do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, unidade que oferta o ensino médio em tempo integral, em Aracaju, continua gerando resultados empolgantes para a educação sergipana. O colégio, entre públicos e privados, em Sergipe, foi o que mais aprovou alunos no Enem 2020.   Até o momento, 67 alunos foram aprovados em universidades públicas para ano letivo de 2021, número que tende a crescer com a divulgação de novas chamadas dos processos de seleção.

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, lembra que o Atheneu mantém um histórico de bons resultados e é referência para a Educação de Sergipe, ao longo dos 150 anos de ensino. “São 150 anos de história e, mesmo sendo um período desafiador por conta dos novos formatos em Educação, o Atheneu continua fazendo história. Temos que agradecer aos professores, aos funcionários e à direção da escola, os quais não medem esforços em realçar as qualidades de cada aluno da instituição. O resultado só tem a ser positivo”, avalia.

De acordo com o diretor da unidade, professor Daniel Lemos, o Atheneu é excelência em aprovação, e este feito deve-se ao fato de a comunidade escolar acreditar no processo educacional que a escola se propõe a ofertar. “Nós estamos muito felizes. 2020 foi um ano atípico e não tínhamos a certeza de tudo que poderia acontecer daquele mês de março para cá, mas, mesmo assim, nesse período a gente escolheu acreditar e não parar. Uma semana depois da suspensão das aulas presenciais os professores já estavam em campo reprogramando e refazendo seus planejamentos, fazendo cursos e oficinas sobre ensino híbrido; então a gente teve fé e acreditou”, declarou.

Segundo o diretor, mesmo que distante fisicamente dos alunos, o Atheneu manteve o vínculo. “Toda a comunidade acreditou nessa ideia: de que nós não iríamos deixar o estudante desamparado nesse período de aulas remotas. A coragem de acreditar foi a marca desse processo, e os professores também tiveram a habilidade de fazer com que o aluno continuasse acreditando, mostrando que o Atheneu continuou com as portas abertas, mesmo que em outro formato. Isso foi surpreendente porque em todas as atividades que nós ofertamos, tivemos um engajamento muito grande da comunidade, e tanto os pais quanto os estudantes acreditaram, então foi uma somação, e continuamos com essa série histórica de escola que mais aprova”, celebrou Daniel Lemos.

Aprovada em 7º lugar em Odontologia na Universidade de São Paulo, na primeira chamada, a estudante Mayara Santana de Lima, de 18 anos, tinha o sonho de fazer Medicina, mas por enquanto optou por Odontologia, obtendo um excelente resultado. “O Atheneu, além da vida acadêmica que me proporcionou, me fez crescer bastante como pessoa. Entrei lá com sonhos e ideais, e essa escola me fez ver que era possível conquistar meus objetivos. Os professores me ajudaram bastante para que eu melhorasse, todos os dias, me orientando e me dando uma atenção especial”, disse.

A aluna Victória Caroline Ferreira Feitosa, de 17 anos, estudou todo o ensino médio no Atheneu e foi aprovada na segunda chamada do Sisu para o curso de Licenciatura em Geografia, em primeiro lugar. Ela conta que ficou sabendo da sua aprovação pela coordenadora da escola, e que foi uma grande surpresa para ela. A jovem destaca que o centro de excelência foi de grande importância para o seu preparo. “O Atheneu me ajudou bastante, recebi muito apoio na preparação para o Enem desde do 1º ano. Lá, eles ensinavam como resolver e manter a calma na hora de fazer a prova, principalmente a do Enem. A escola é muito boa. Não me arrependo de nada. Foi um privilégio estudar lá, e ter conseguido passar na Federal, mesmo em meio à pandemia, foi muito bom”, afirmou.

O professor Yuri Norberto, que leciona disciplina de Sociologia, destaca que mesmo com todas as limitações de um ano em pandemia o Atheneu mostrou sua força e consistência. “Ações com foco no aprendizado, motivação dos alunos e uma gestão eficiente mais uma vez fizeram a diferença”, pontuou ele, que está à frente do projeto Atheneu Onu, iniciativa que simula organismos internacionais e discute tópicos da agenda global, promovendo a melhor compreensão da realidade por meio do debate e da interação entre diversas pessoas.

Outras aprovações

Além dos aprovados no ensino médio, o polo do Atheneu do curso Pré-Universitário da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) também se destacou. No total, foram 30 aprovações, cujos estudantes optaram por cursos em diversas instituições públicas de ensino superior, a exemplo da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Ideb – maior nota

No último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em 2019, o Atheneu Sergipense alcançou a maior nota das escolas de ensino médio da rede pública: 5,0, acima do crescimento nacional.

Em 2017, a unidade de ensino não pontuou no Ideb porque não teve a participação suficiente para ter o resultado divulgado.

Publicidade:

O diretor do Atheneu, Daniel Lemos, explica que de lá para cá o Centro de Excelência passou a fazer um trabalho para melhorar a aprendizagem e aproveitamento dos estudantes. O resultado disso foi um recorde de aprovação nos vestibulares nesses últimos anos. O colégio ainda reforçou o trabalho pedagógico dos professores, o desenvolvimento das atividades focadas no Projeto de Vida dos alunos, entre outras ações.

Assessoria de Comunicação da SEDUC – ASCOM

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta