Cancelado ato dos policiais penais Sergipanos para cobrar vacina contra a covid-19

Após uma reunião realizada nesta terça-feira, 20, com a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, e com representantes da Secretaria da Justiça, do Trabalho e da Defesa do Consumidor (Sejuc), na qual ficou definido a inclusão dos policiais penais  grupo prioritário da vacinação contra a covid-19, o Sindicato dos Policiais Penais Sergipe cancelou ato que seria realizado nesta quinta-feira, 22.
O Sindicato já havia enviado ofício a diversos órgãos do Governo do Estado explicando que, pela lei em vigor, os policiais penais, assim como os militares e civis, fazem parte das forças de segurança do Estado e, por isso, deveriam estar no grupo daqueles profissionais das forças de segurança e de salvamento que começaram a ser vacinados no início do mês de abril.

A vacinação é extremamente necessária porque a categoria é responsável pela custódia, revista e escolta de presidiários acometidos pelo vírus da covid-19 tanto em pavilhões prisionais reservados, como em unidades hospitalares. Soma-se a isso o fato de que os policiais penais atuam também no controle de visitantes nas unidades prisionais, preenchendo, desta forma, todos os pré-requisitos estabelecidos pelo Ministério da Saúde para vacinação, neste momento, dos trabalhadores das forças de segurança.

Att.,
Nara Barreto

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta