Com Edvaldo, Aracaju caminha no rumo certo, afirma o vereador Camilo (PT)

Em entrevista ao Imprensa 24h, o petista afirma que seu mandato representará os movimentos sindicais, populares e de juventude e ajudará a gestão Edvaldo na tarefa de reconstruir a cidade de Aracaju, pois entende que esse projeto é também do PT

Lucas Silva – Imprensa 24h

Prestes a completar 28 anos, o sociólogo Camilo Feitosa Daniel (PT) será empossado na próxima terça-feira, dia 19, vereador da Câmara de Aracaju. Então primeiro suplente da coligação “Aracaju Vai Ser Feliz de Novo” (PC do B – PT – PSD), Camilo ocupará a vaga do vereador Professor Bittencourt (PC do B), que se afasta do mandato para assumir o comando da Secretaria Municipal da Assistência Social de Aracaju.

Liderança jovem do Partido dos Trabalhadores, Camilo integra a Esquerda Popular Socialista, corrente interna da agremiação que visa estreitar as relações do partido com os movimentos sociais. Por este motivo, afirma que irá representar na Câmara de Aracaju os interesses dos movimentos sindical, popular e de juventude. “Esse mandato terá como fundamento principal a participação da sociedade”, garante Camilo.

Na entrevista que concedeu ao IMPRENSA 24H, Camilo apresenta aos nossos leitores suas principais bandeiras de luta, discorre sobre a conjuntura política local e nacional, aborda a administração do prefeito Edvaldo Nogueira, fala sobre as eleições 2020 e conta como construiu a candidatura que o fez chegar ao principal parlamento municipal de Sergipe. “A partir de agora é colocar o pé no acelerador e trabalhar muito para honrar o grande desafio”, destaca o vereador petista.

Com Edvaldo, Aracaju caminha no rumo certo, afirma o vereador Camilo (PT)

Confira a seguir a íntegra da entrevista:

IMPRENSA 24h – O que os aracajuanos podem esperar do mandato parlamentar do vereador Camilo?

CAMILO – Durante os últimos quatro anos o Brasil vem sofrendo imensas ameaças à soberania e ataques constantes à democracia e aos direitos do povo brasileiro. Aracaju não é uma bolha afastada do Brasil e do mundo, e todo esse processo fragiliza muito a vida do povo aracajuano. Infelizmente voltamos a ver cenas que não víamos há uma década, como, por exemplo, o crescimento do desemprego e da miséria. É lamentável que tudo isso esteja acontecendo. Nesse contexto que assumo o mandato de vereador na capital sergipana, com o objetivo de defender os direitos do nosso povo e lutar incansavelmente para ampliar as conquistas. Nosso mandato pretende dar voz e visibilidade à juventude e todas as suas pautas, aos movimentos sociais, à classe trabalhadora, ao movimento sindical e todos aqueles que lutem pela melhoria da vida do povo.

IMPRENSA 24h – Já há projetos ou proposituras prontas para serem apresentadas?

CAMILO – É importante ressaltar que inovamos na forma de fazer política em Aracaju em 2016, construímos uma campanha extremamente horizontal, com plenárias temáticas, envolvendo inúmeros militantes, com o objetivo de apresentar uma plataforma política com a grandeza que a conjuntura política nos exigiu. Nesse sentido iremos realizar plenárias para debater os PL’s que mais interessam à sociedade. Esse mandato terá como fundamento principal a participação da sociedade. Temos algumas proposituras mas todas elas serão debatidas com a sociedade para ajustes e complementações, pois assim como na campanha tudo será debatido coletivamente.

IMPRENSA 24h – Que tendência interna do Partido dos Trabalhadores e quais movimentos sociais seu mandato representará na Câmara de Vereadores de Aracaju?

CAMILO – Faço parte da Esquerda Popular Socialista- EPS do Partido dos Trabalhadores, uma corrente interna do partido que nasceu com o objetivo de ampliar a relação dos movimentos sociais com o PT, e é nesse sentido que construiremos esse espaço. Buscaremos representar na Câmara os interesses do movimento Sindical, popular e de juventude.

IMPRENSA 24h – Terá uma atuação parlamentar independente ou já assumirá o mandato compondo a base aliada ao prefeito?

CAMILO – O Partido dos Trabalhadores faz parte do agrupamento político que elegeu o prefeito Edvaldo Nogueira em 2016 e com toda a certeza nós ajudaremos a gestão Edvaldo na tarefa de reconstruir a cidade de Aracaju. Seria incoerente da minha parte votar em Edvaldo, fazer campanha e não ajudar na Câmara esse projeto que também é do meu partido. Ora, Edvaldo foi eleito com o nosso apoio, há alguns meses a companheira Eliane Aquino era Vice-Prefeita dessa gestão, o PT está nessa gestão e é meu dever está ao lado dos projetos que irão beneficiar o nosso povo.

IMPRENSA 24h – Qual(is) compromisso(s) político(s) o PT assumiu junto ao prefeito Edvaldo Nogueira para que este, ao reformar seu secretariado, convidasse o vereador Professor Bitencourt para integrar o primeiro escalão de sua gestão?

CAMILO – Como já afirmei anteriormente, o PT está nesse governo ajudando na importante tarefa de reconstruir a nossa cidade. Não foi um compromisso assumido agora, a relação entre os dois partidos vem desde a década de 1980.

IMPRENSA 24h – O acordo político celebrado entre o PT, o PSD e o PC do B lhe fará vereador até o fim da atual legislatura, ou há um prazo definido, de antemão, para o retorno do Professor Bitencourt à Câmara?

CAMILO – Não dialogamos sobre isso. Aproveitarei todos os dias e até o último minuto para fazer o bom combate, defendendo a democracia e os direitos do povo.

IMPRENSA24h – Diante desse novo arranjo político, ainda há possiblidade de o PT lançar uma candidatura contrária à reeleição de Edvaldo Nogueira e deixar a base de apoio ao prefeito?

CAMILO – Olha, os debates sobre a tática e a estratégia eleitoral das eleições de 2020, será debatida em 2020. Até o momento o PT não debateu sobre essa questão. O que há são impressões pessoais, mas nenhuma deliberação do Partido.

IMPRENSA 24h – Enquanto petista e militante da juventude de seu partido de que forma você avalia o trabalho de gestão executado por Edvaldo Nogueira até o momento?

CAMILO – Acredito que a gestão Edvaldo deve ser avaliada de acordo com a realidade atual que o Brasil vem passando, assim como a comparação do seu governo deve ser feita com o governo João Alves Filho. Quando vamos analisar o governo João, percebemos que a principal obra foi a Praia Formosa, enquanto toda a periferia de Aracaju estava desassistida, sem realizações. Muitas obras foram paralisadas e muitos projetos nem chegaram a começar, como a maternidade do 17 de Março. A gestão de Edvaldo conseguiu colocar em dia o pagamento do servidor, retomar as obras que estavam paralisadas, a coleta de lixo e inúmeras outras ações. São governos completamente diferentes e essa diferença demonstra que agora Aracaju voltou a caminhar no rumo certo. Em dois anos de governo não dá para fazer tudo. A cidade precisa de soluções para algumas questões, como a mobilidade urbana, da mesma forma que é importante entender que essa questão não envolve apenas o transporte coletivo, e nesse sentido a ampliação das ciclovias é fundamental para esse novo momento da cidade. E nessa questão, não cito que são pontos negativos, mas acredito que são desafios. A gestão de Aracaju deve ter o tamanho da grandeza do seu povo. Isso é um desafio gigante, e é por isso que estarei na Câmara, quero ajudar nesse processo.

IMPRENSA 24h – Apesar de ter conquistado a segunda suplência da coligação, que se tornou a primeira no último dia 1º de fevereiro, com a pose do professor Iran na Assembleia Legislativa, o que faltou para você ser eleito nas eleições 2016?

CAMILO – Acredito que três grandes questões foram entraves para que eu fosse eleito em 2016. O primeiro motivo foi a dificuldade da conjuntura nacional naquele momento. Enfrentamos um golpe contra a democracia e retiraram a presidenta Dilma. A rede Globo criticou no Jornal Nacional mais de 16 horas o ex presidente Lula, Dilma e o PT foram criminalizados todos os dias. Vestir vermelho era motivo de crítica em todos os lugares. Hoje o povo percebe que eles deram um golpe para retirar direitos e sabotar o desenvolvimento do Brasil. A segunda questão é o tempo, infelizmente lançamos a campanha nos 45 minutos do 2° tempo, lá pra Julho de 2016. Quando entrei em campo, muitos amigos e companheiros já tinham se comprometido com outras candidaturas. Não tive tempo suficiente pra debater a cidade com toda a cidade. E a terceira questão é a coligação em que fui submetido, entramos numa coligação com o PSD e o PCdoB. Se o PT saísse sozinho, com os candidatos que o PT tinha naquele momento, nós já estaríamos na CMA.

IMPRENSA 24h – Qual o papel que o PT terá nas eleições municipais de 2020 em Aracaju?

CAMILO – Quem apostou na derrota eleitoral do PT em 2018 perdeu feio. Fizemos a maior bancada de deputados federais do Brasil, elegemos 4 governadores e aqui em Sergipe o PT saiu extremamente fortalecido, reelegendo o deputado federal João Daniel e elegendo o Senador Rogério, quando todas as pesquisas desconsideravam sua vitória. O nosso partido saiu muito fortalecido porque o povo sabe que foram os governos do Partido dos Trabalhadores que impulsionou nossa economia, gerou emprego e distribuiu renda. Com todos os desmandos do governo Bolsonaro, as eleições de 2020 mostrará mais uma vez a força do PT nas urnas.

IMPRENSA 24h – Como avalia os primeiros meses da nova gestão do governador Belivaldo Chagas e do Governo Bolsonaro?

CAMILO – Belivaldo foi eleito como o candidato do time de Lula em Sergipe. A sociedade espera um governo que avance em conquistas sociais e que retome o desenvolvimento econômico do nosso estado. Mas o maior problema do governo Belivaldo, entretanto, é exatamente o caráter desse governo Bolsonaro. É inadmissível que um presidente da república anuncie que não terá relação com os governadores do Nordeste, e que esses governadores procurem Lula. Como pode um presidente agir nesse nível? Infelizmente, o que teremos daqui pra frente é um governo que aprofundará a crise, retirando dos mais pobres direitos, como a aposentadoria. Na mesma medida, é um governo que nasce completamente desmoralizado. Desde o fim do 2° turno que vimos o escândalo das fake News impulsionadas pelo wathsapp, depois as ameaças ao STF e mais recentemente surge o escândalo Queiroz. É um Governo de crise que vai caminhar para aprofundar a crise. Em quase 100 dias de governo não se tem uma só medida para retomar a geração de emprego e a distribuição de renda.

IMPRENSA 24h – Estar vereador, favorecerá uma reeleição de Camilo em 2020? Sob quais aspectos?

CAMILO – O mandato ainda irá começar e nossa tarefa n° 1 é atender as expectativas dos Aracajuanos que depositaram o seu voto nesse projeto. A partir de agora é colocar o pé no acelerador e trabalhar muito para honrar o grande desafio.

 

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 99672-6073
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h