Decreto de armas: Delegado Alessandro Vieira declara ser contra

O decreto de armas que flexibiliza o porte e posse de armas, sugerido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), foi derrubado pelo Senado e agora segue para votação na Câmara dos Deputados. No final, foram 47 senadores contra ao decreto e 28 a favor.
Dentre os que foram cotra, está o Delegado Alessandro Vieira, que afirmou ser favorável à flexibilização do porte e posse de armas, mas explicou que os decretos eram inconstitucionais e que tais mudanças deveriam ser enviadas pelo Executivo ao Congresso por meio de projeto de lei, para que as alterações sejam debatidas democraticamente.
“Esses decretos são inconstitucionais. Quem diz isso é a consultoria legislativa e jurídica da Casa, do Senado, a da Câmara dos Deputados e o Ministério Público Federal. São inconstitucionais porque invadem atribuição do Congresso, que é a de legislar. Nós estamos aqui preservando o espaço de diálogo”, destacou.

Confira como votou os Senadores Sergipanos:

Contra: Alessandro Vieira e Rogério Carvalho.
A favor: Maria do Carmo.

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 98808-2651
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta