Dicas para conquistar a desejada nota mil na redação do Enem 2021

Quem quer alcançar a tão desejada nota mil na redação do Enem 2021 deve treinar bastante a escrita, pois, segundo especialistas, o segredo está na constância em escrever a redação.

Esse hábito persistente e cotidiano de ler, escrever e corrigir faz com que o candidato consiga alcançar o resultado tão almejado mais rapidamente, segundo explica o professor Anderson Teixeira de Souza, docente do curso de Pedagogia EaD da Universidade Tiradentes (Unit EaD). “É preciso que o candidato esteja realmente preparado para a prova. Mas, vale lembrar que esse treino  precisa estar baseado também na questão do tempo que o candidato terá para realizar a redação. Isso porque no dia da prova, a redação terá um tempo determinado, então, nos treinos em casa é preciso levar isso em consideração”, explicou.

Outro ponto importante, segundo o professor, é que o candidato só vai se deparar com o tema da redação no dia da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). “Neste momento, ele deverá ser rápido no pensar sobre o tema para saber argumentar e estruturar a redação dele. Então, quando ele for treinar, é preciso que leve em consideração tudo que já foi dito, mas, também, o tema e o tempo para escrever a redação, que é um tempo muito rápido e que no dia da prova se torna ainda mais rápido”, ressaltou Anderson.

Quem não faz curso preparatório ou não está numa escola e, portanto, não tem condições de levar o texto para um professor corrigir, pode mostrá-lo para um amigo ou colega da turma que já tenha passado pela experiência da redação do Enem para fazer uma leitura, para que ele dê dicas sobre onde ele pode melhorar. Outro ato importante é ler o manual do candidato.

E, por último, fique sabendo que vale a pena decorar frases e citações antes da prova de redação. No entanto, o que vale mesmo é ter uma gama de repertórios de temas diversos. “Ou seja, é bom reler outras redações, mas muito melhor ter um repertório de temas, seja da área de cultura, de ciências, ou social, entre outras áreas. Só não pode é ficar preso a um único repertório”, enfatizou o professor.

Assessoria de Imprensa | Unit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *