Direção nacional do PL, comandada por Valdemar Costa Neto, repassa mais R$600 mil a Danielle

O caixa da campanha de Danielle Garcia, candidata à prefeitura de Aracaju pelo Cidadania, recebeu novo aporte financeiro do Partido Liberal (PL) neste segundo turno.

Por meio do diretório nacional, comandado por Valdemar Costa Neto, preso e condenado por corrupção no caso do mensalão, o PL repassou mais R$606 mil à candidatura do Cidadania em Aracaju.

Presidido em Sergipe por Edivan Amorim, o PL é comandado, na capital, pelo empresário Milton Andrade, o articulador político da campanha de Danielle e para quem a candidata que já garantiu uma secretaria municipal em caso de vitória.

Embora Milton afirme que o diretório do PL de Aracaju não sofra interferência política da direção nacional do partido, alegando, para isso, ter uma “carta de independência”, os repasses feitos à candidatura de Danielle, via diretório nacional, apontam o contrário.

O PL, que integra oficialmente a coligação da chapa encabeçada por Danielle, fez a primeira transferência para a conta da campanha do Cidadania em Aracaju, no montante de R$400 mil, ainda no primeiro turno.

E agora, com esse novo repasse, a contribuição do diretório nacional do PL à candidata do partido do senador Alessandro Vieira, em Aracaju, ultrapassa a cifra de um milhão de reais e representa quase 44% de todo o montante financeiro arrecadado por Danielle para sua campanha eleitoral.

Além do PL, a coligação do Cidadania é formada ainda pelo PSDB e PSB, partidos presididos em Sergipe, respectivamente, pelo ex-senador Eduardo Amorim e pelo ex-deputado federal Valadares Filho, este último candidato a vice na chapa.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

 

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta