Em São Cristovão, pesquisa ignora pré-candidatos e mostra cenário irreal da disputa no município

Divulgada na edição desta segunda-feira (31), a pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto Dataform, nos dias 20 e 21 de agosto, para sondar as intenções de voto do eleitorado de São Cristovão para o cargo de prefeito, deixou de fora os nomes dos pré-candidatos Armando Batalha (PP), Mario Trindade (Avante) e Carlos Vilão (PSDB).

Assim, sem considerar todas as possibilidades reais da disputa pela sucessão do atual prefeito Marcos Santana (MDB), o resultado apurado pelo instituo se mostra irreal, ou seja, não reflete a realidade do cenário político no município de São Cristovão.

A pesquisa foi divulgada na edição online do jornal Cinform, no caderno Município, o qual é editado por Tony Alcântara, que vem a ser o coordenador da pré-campanha da pré-candidata Gedalva Umbaúba (PSC), que aparece na segunda colocação tanto na pesquisa espontânea quanto na induzida.

O Dataform fez em São Cristovão o mesmo procedimento que já havia feito um mês atrás em Aracaju, quando divulgou pesquisa de opinião pública na qual deixou de fora de vários nomes cujas pré-candidaturas já estavam postas. Segundo o jornal, após a repercussão negativa que se seguiu à publicação dos resultados, a “falha” ocorreu devido a “um lapso” durante a elaboração dos questionários.

Porém, chama ainda a atenção no caso de São Cristovão a discrepância entre os dados apurados pelo Dataform e pelas duas últimas pesquisas recentes realizadas no município, a do IFP e do Opinião. Esses dois levantamentos mostraram a acentuada queda dos índices de intenção de voto do prefeito e pré-candidato à reeleição Marcos Santana.

Comparando-se os dados do IFP aos da pesquisa do Opinião, de dezembro do ano passado, Marcos Santana despenca 9 pontos percentuais, enquanto o atual vice-prefeito e pré-candidato, Adilson Junior (PSD), principal adversário do prefeito nas eleições do próximo mês de novembro, avança 6,7 pontos, o que representa um crescimento superior a 150% nas intenções de votos.

Não é novidade os desacertos do Dataform em Sergipe. Em 2014, por exemplo, o instituto divulgou pesquisa, às vésperas da eleição, sobre intenções de voto para o Senado, na qual a candidata Maria do Carmo aparecia com vantagem superior a 20 pontos percentuais frente ao candidato Rogério Carvalho, muito diferente do resultado apurado nas urnas, cuja diferença foi inferior a 3 p. p.

 

 

 

Por Nélio Miguel Jr. – Imprensa 24 h

 

 

 

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta