Em Sergipe educação Estadual e Sintese dialogam sobre retorno das aulas presenciais, vacinação e auxílio emergencial para professores

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, acompanhado do superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, e diretores de departamento, reservou a manhã desta segunda-feira, 3, para atender o pedido de audiência do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese) com a seguinte pauta disposta pelo sindicato: ano letivo 2021 e as aulas remotas, vacinação, testagem das comunidades escolares, auxílio emergencial para professores, pacotes de internet para estudantes e professores, Novo Ensino Médio e situação dos professores readaptados.

O gestor da Educação Estadual esclareceu que as demandas e pontos colocados serão respondidos por meio de ofício o mais breve possível, por se tratar de pautas importantes e que requerem atenção redobrada da equipe técnica da Seduc. “Anotamos os pontos, e todos merecem uma análise circunstanciada no respectivo setor. Esforçamo-nos ao máximo possível para no menor espaço de tempo dar a resposta formal de todas as questões suscitadas nessa nossa audiência. Agradeço a participação e as observações. Nós encaramos todas elas de forma muito construtiva e tentaremos fazer uma apanhando e darmos as respostas devidas”, disse, ao acrescentar que o retorno de aula presencial é de competência do Comitê Técnico-Científico e que a Seduc seguirá todas as recomendações suscitadas por ele.

Após explanação das pautas, a presidente do Sintese, professora Ivonete Alves Cruz, destacou que o sindicato continua aberto ao bom diálogo, ao bom debate e às contribuições dos professores que estão à frente de atividades pedagógicas na Secretaria de Educação. “ Acreditamos numa democracia participativa e dialogada e nos colocamos sempre à disposição, mesmo que de forma virtual, para que possamos transformar esses espaços de discussão coletiva e respeitosa”, declarou. Também participou da audiência o vice-presidente do Sintese, professor Roberto Silva dos Santos.

Retorno presencial e vacinação

O Governo de Sergipe tem a intenção de iniciar a vacinação contra a covid-19 em profissionais da educação, priorizando aqueles que retornarão às atividades presenciais a partir do próximo dia 10. O anúncio foi feito pelo governador Belivaldo Chagas. Na última quarta-feira, 28, o Comitê Técnico-Científico e de Atividade Especiais (Ctcae) deliberou que o retorno das aulas presenciais deverá acontecer a partir do dia 10 de maio, para as turmas de 1° e 2° anos do Ensino Fundamental da rede pública estadual. No geral de toda a rede pública (estadual e municipal), 80% dos alunos estão matriculados nas redes municipais de educação.

Em reunião com os dirigentes municipais de Educação na semana passada, Modesto lembrou que os municípios têm autonomia para adotar medidas mais restritivas do que as adotadas pelo Estado. “O importante agora para nós, dirigentes, está nessa autorização da retomada das aulas e como nos posicionaremos sobre isso. Estamos no meio de uma pandemia. Nós somos sensíveis a isso, e nossa maior preocupação é com as sequelas educacionais. Cada município vai ter que observar o seu cenário. É importante também que se faça um levantamento de dados para termos um retrato fiel dos profissionais que estarão envolvidos nesse retorno inicial”, disse.

Assessoria de Comunicação da SEDUC – ASCOM

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Publicidade:

 

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta