Enem: dicas importantes para fazer uma boa redação e resolver questões de matemática

 ‘É possível fechar a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)?’, ‘interpretação de texto: dá para estudar ou não?’ e ‘como estudar matemática?’ São questionamentos comuns aos estudantes que estão em preparação para o Enem. Pensando nisso, a Universidade Tiradentes (Unit), promoveu a live Aulão Enem Unit EaD, neste sábado, 30/10, e responder às dúvidas dos alunos.

 A primeira aula do dia foi com o professor Beto Dias sobre o eixo ‘Linguagens, Código e Suas Tecnologias’. Ele apresentou a base para interpretar um texto corretamente: conhecendo as teorias da comunicação, funções da linguagem, gêneros e tipologias textuais e variação linguística. Com isso em mente, o aluno resolve as questões de forma mais assertiva.

“Para você interpretar um texto você precisa mobilizar seu conhecimento de mundo. Quanto mais você se enriquece culturalmente e amplia a competência linguística e a capacidade de adequar a linguagem, os enunciados ficam muito mais claros. É aí que entra a mágica: você consegue interpretar qualquer tipo de texto ou gênero e a resposta acaba clareando na sua frente”, esclareceu Beto.

 Redação

Algumas atitudes dos estudantes podem prejudicar a redação e comprometer a nota. “Produzir um texto que fuja do tema central, escrever menos de oito linhas, copiar textos motivacionais, escrever em outro idioma sem ser o português, entregar a folha em branco, fazer desenhos no lugar do texto e se identificar”, disse a professora de redação, Girlayne Pinheiro, que ministrou a segunda aula do dia.

 Segundo ela, o estudante precisa estar atento à diferença entre tema e tese. “A tese não deve ser confundida com o tema. Ela é uma proposição sobre o tema, um posicionamento claro e fácil de ser absorvido pelo leitor, em torno da qual se desenvolvem os argumentos que tentam comprová-la”, definiu.

Além disso, o uso de frases de desrespeito aos direitos humanos, linguagem coloquial, uso de gírias e palavrões, erros gramaticais e concordância, passar o recuo ou pular linhas, escrever um texto sem coesão e não seguir a proposta de intervenção também pode fazer o avaliador diminuir a nota ou até zerar a redação.

Antes do Enem, especula-se muito sobre o tema da redação. A professora pontuou alguns tópicos que podem ser trazidos pelo Enem. Questões sociais como a fome no Brasil, tecnologia e a ampliação do acesso à internet para os brasileiros, cidadania e respeito, a importância dos profissionais da saúde no Brasil, meio ambiente e a necessidade de práticas sustentáveis, vício em games, educação a distância no Brasil e polarização da sociedade brasileira.

Matemática e suas tecnologias

Tanto a redação quanto a matemática possuem peso alto para a média do aluno no Enem. Por isso, na última aula do dia, o professor Luiz Gomes mostrou os 18 temas mais abordados durante a história do Enem. Os quatro mais utilizados são: funções, noções básicas de estatística, probabilidade e análise combinatória. Assim, segundo ele, é preciso que o aluno estude e compreenda a matemática além das fórmulas.

“O primeiro passo é assimilar os principais conteúdos. Matemática tem dois pontos interessantes. Primeiro, eu preciso resolver questões, mas saber a teoria é muito significativa. É interessante entender de onde a fórmula vem, não é simplesmente decorar a fórmula. Matemática em si é uma grande matéria, independente se ela tem peso ou não para o aluno, pois comporta 45 questões no Enem”, disse.

 Aplicando esse conceito, ele respondeu algumas questões de exames anteriores durante a live, enfatizando a importância do estudante treinar dessa forma, solucionando problemas com enunciados novos e bem elaborados, aplicando a lógica por trás da fórmula matemática.

Para quem está se preparando para o Enem, pode assistir a live pelo YouTube da Unit https://www.youtube.com/watch?v=JM-kaChLrj0

Assessoria de Imprensa | Unit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *