Entrevista com prof André Maurício sobre a nomeação da reitora protempore na UFS

Em entrevista exclusiva ao Imprensa 24h, o Prof Dr. André Mauricio Conceição de Souza, o primeiro colocado (com mais de 64% dos votos) na consulta pública realizada pelas entidades representativas da UFS, afirma que a única saída possível para uma normalidade na universidade será, somente, através da democracia.

Segue a entrevista na íntegra

Imprensa 24h: Como o sr. avalia a nomeação da reitora pro-tempore na UFS?

Prof André Maurício: Com muita tristeza. Entendo que toda essa crise poderia ter sido evitada se o ex-reitor tivesse tido diálogo com a comunidade universitária e respeitado a posição histórica das entidades Adufs, Sintufs e DCE que vem fazendo o processo de consulta há mais de 30 anos, e que inclusive ele havia sido eleito quatro vezes.

 

Imprensa 24h: A reitora pro-tempore afirma que foi designada para realizar nova eleições para o cargo de reitor(a), o que o sr. acha?

Prof André Maurício: Como colega gostaria de avisá-la que tenha bastante cuidado com esse processo, pois poderá incorrer no mesmo erro do ex-reitor. Apesar de tudo que foi feito pelo ex-reitor no processo, que não concordamos, infelizmente a ilegalidade ainda não foi posta pelo MPF e pela justiça. Do ponto de vista judicial não há justificativa para nova lista. Resta-nos o ponto de vista político. Neste caso, primeiro é importante observar que quem define todo o processo de definição de lista tripla não é a reitoria e sim o conselho superior da UFS. São os conselheiros que definem as normas de escolha da lista. E, segundo, as entidades já realizaram uma consulta.

 

Imprensa 24h: Nesta consulta o sr. foi o vencedor?

Prof André Maurício: Exatamente, fui vencedor depois de um longo processo em que apresentamos nossas propostas, participamos de intensos debates e competimos em uma eleição realizada pelas entidades  cumprindo a prática democrática de mais de 30 anos da História da UFS. O que questiono é: qual a justificativa em não considerar essa consulta? Não é a reitora que tem os poderes para isso, que tem este poder é o conselho superior da UFS.

 

Imprensa 24h: O sr. não concorda com novas eleições?

Prof André Maurício: Como democrata terei que acatar a decisão dos conselheiros, entretanto, defenderei o processo das entidades. Não vou deixar de lado uma conquista histórica da nossa comunidade universitária. Contudo, eu e todo o grupo que forma o inova UFS estamos prontos para quantas eleições possam ter, pois defendemos o princípio democrático de escolha de nossos dirigentes e foi a partir deste princípio que apresentamos nosso conjunto de propostas que venceu o processo de consulta e que achamos ser a melhor opção para administrar a UFS nos próximos quatro anos.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

 

 

 

 

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta