Escolas Sergipanas passam por pintura e reparo na infraestrutura

Com recursos em caixa desde 2020, oriundos do Programa de Transferência de Repasse de Recursos Financeiros Diretamente às Escolas Públicas Estaduais (Profin), as escolas estaduais de Sergipe vêm promovendo uma série de melhorias em suas estruturas físicas, como ocorre nas unidades localizadas no território do Centro-Sul Sergipano, sob administração da Diretoria Regional de Educação 2 (DRE 2). Das 38 escolas, 24 já realizaram pinturas e reparos na infraestrutura para garantir o cuidado com o patrimônio. Catorze unidades estão com ações em andamento.

A diretora da DRE 2, professora Daniela Silva, declarou que as intervenções englobam ainda manutenção nos banheiros e demais espaços, assim como a realização de pinturas interna e externa, com a produção de arte e ilustrações, e espaços de socialização para estudantes. “Buscamos incentivar a realização dessas ações por compreender que se cria um ambiente pedagógico e motivador para todos que fazem parte da escola. Nossos gestores escolares são comprometidos e criativos. Alguns conseguiram inclusive engajar servidores, professores e comunidade que contribuíram, voluntariamente, para realização de pinturas com artes”.

“Considero fundamental que a gestão escolar crie estratégias para preservar os espaços da escola, mesmo sem estarmos com aulas presenciais. Atualmente 24 unidades de ensino já deram cara nova a suas escolas com a realização das pinturas, e as demais estão aguardando a finalização de serviços iniciados pela engenharia da Seduc para em seguida realizar o serviço de pintura. Nossa meta é atingir cem por cento das escolas”, completou Daniela.

Pintura de toda a escola, substituição da cerâmica em algumas salas, reposição de lâmpadas, serviço de jardinagem foram algumas das intervenções feitas no Colégio Estadual Abelardo Barreto do Rosário, situado no município de Tobias Barreto. Para o diretor da unidade, professor Lucas de Jesus Dias, os recursos do Profin promovem uma significativa autonomia aos gestores, “porque só a gente que está na escola sabe o que ela precisa. Com essas melhorias, o espaço fica mais aconchegante para receber nossos alunos, assim que iniciarmos as aulas presenciais”, disse ele.

Em Lagarto, o Colégio Estadual Dr. Evandro Mendes também passou por muitas melhorias em sua estrutura. Segundo a diretora, Solange Dias Santos, a escola recebeu o valor de R$ 51.390,00, referente à sexta parcela do Profin Custeio. Lá, foram realizadas pinturas, ilustrações, serviço de jardinagem, substituição do portão, entre outras ações. “Trata-se de uma verba importante para as escolas e também traz liberdade para que a gente possa aplicar no que realmente estamos precisando”, disse ela, destacando a colaboração da comunidade escolar, sobretudo o diálogo estabelecido com os segmentos para tomada de decisões.

Profin

Ao todo, com o pagamento de oito parcelas, foram investidos R$ 54.768.938,00, que compreendem ainda o Profin Merenda/Gêneros Alimentícios, Projetos, Pandemia, Kit Material Escolar e Permanente.

O objetivo do Profin é prestar assistência financeira suplementar às escolas da rede pública estadual de Sergipe, a fim de promover melhorias em sua infraestrutura física e pedagógica, com vistas a garantir o acesso, a permanência e a aprendizagem de todos os estudantes, por meio do compromisso com o desenvolvimento de uma escola voltada para a formação cidadã, a efetividade, a democratização de políticas públicas inclusivas de educação, esporte, lazer, juventude e cultura, assim como fortalecer a participação da comunidade e a autogestão escolar.

Assessoria de Comunicação da SEDUC – ASCOM

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta