Fábio Henrique apela para que o presidente prorrogue o Auxílio Emergencial

“A prioridade do país é que tenhamos uma vacina que esteja disponível para toda a população brasileira. Quando toda a população estiver vacinada, quando às pessoas puderem voltar a viver com normalidade, aí se pode falar em acabar com o Auxílio Emergencial”, foi com esse argumento que o deputado Federal Fábio Henrique (PDT) discursou na Câmara Federal, na manhã desta terça (15). O deputado sergipano apelou para que o auxílio fosse prorrogado por, no mínimo, mais seis meses e com o valor base de R$ 600,00.

O Auxílio Emergencial beneficia mais de 60 milhões de brasileiros. Para Fábio Henrique, acabar com o Auxílio Emergencial no momento que o país ainda não voltou à normalidade, que a nossa economia ainda passa por dificuldades, seria condenar milhões de brasileiros à miséria, à fome, ao desemprego e ao fechamento de pequenas empresas pelo Brasil. “Há projetos na Câmara e no Senado, mas o importante seria que o próprio Governo Federal reconhecesse a necessidade do Auxílio Emergencial”, discursou.

“Infelizmente, ainda vivenciamos o distanciamento social e a manutenção do Auxílio significará a manutenção da comida na mesa do povo mais pobre. Significa a manutenção dos empregos, principalmente nos pequenos empreendimentos no interior do Brasil. O Auxílio Emergencial não é da esquerda e nem da direita, a questão não é ideológica e deve nortear a união de todos, para que possamos garantir aos brasileiros às condições mínimas de normalidade”, defendeu o deputado Fábio Henrique.

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta