Gestantes que tomaram vacina da Janssen podem tomar dose de reforço da Pfizer

As mulheres que tomaram a dose única do imunizante Janssen em Aracaju e atualmente encontram-se em período gestacional devem tomar o reforço com a Pfizer após quatro meses a data da aplicação.
A orientação é do Ministério da Saúde (MS) e segue o protocolo de segurança adotado desde julho deste ano, quando as vacinas que utilizam o vetor adenoviral, como a Janssen e a AstraZeneca, tornaram-se contraindicadas para este público.
Essa exceção é válida apenas para as gestantes. As demais pessoas que tomaram a dose única da Janssen devem esperar pelo envio de novas doses do MS. Até o momento, o Governo Federal ainda não estipulou uma data para a chegada de mais imunizantes da Johnson  & Johnson.
“E é importante deixar claro que essa espera pela chegada das novas doses da Janssen é uma recomendação do próprio Ministério da Saúde, que disse que a mesma vacina deve ser aplicada em quem a tomou pela primeira vez, com exceção das gestantes. Entretanto, assim que recebermos essas doses, as aplicações serão iniciadas o mais rápido possível, a fim de garantirmos a proteção a todos os nossos usuários”, afirmou o coordenador de imunização da Secretaria Municipal da Saúde de Aracaju, Yuri Belchior.
Segunda dose Pfzer
Para quem tomou a primeira dose do imunizante Pfizer, agora pode tomar a segunda dose após 21. Para as demais vacinas, os prazos permanecem os mesmos: 28 dias para CoronaVac e 90 para AstraZeneca.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *