Governador de Sergipe sanciona lei que estende benefício do Cartão Mais Inclusão até outubro

Somados aos beneficiários permanentes do Programa, cerca de 20 mil famílias da extrema pobreza são alcançadas pelo CMais
Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2021

Nesta sexta-feira, 13, o governador Belivaldo Chagas sancionou a Lei que beneficia aproximadamente 14 mil famílias com a concessão de mais três parcelas do benefício emergencial do Cartão Mais Inclusão – CMais, que agora será pago até outubro. Somados aos beneficiários permanentes do Programa, cerca de 20 mil famílias da extrema pobreza são alcançadas pelo CMais. O Projeto de Lei enviado pelo Governo de Sergipe para prorrogação do benefício foi aprovado na Assembleia Legislativa de Sergipe na última, quarta-feira, 11.

Custeado com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), o CMais tem uma previsão de investimentos de aproximadamente R$ 8,7 milhões, de agosto até o final do atual exercício – recursos que, de acordo com o governador Belivaldo Chagas, já estão garantidos pelo Estado.

O CMais foi criado pelo Governo de Sergipe para combater a insegurança alimentar junto à população que se encontra na extrema pobreza, e consiste no pagamento de parcelas entre R$ 100 e R$ 200 a beneficiários inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que não recebem nenhum outro auxílio estadual ou federal. Pago mensalmente, o benefício pode ser usado exclusivamente na compra de alimentos, em qualquer estabelecimento da rede credenciada Banese. Em vigor desde abril de 2020, o Cartão Mais Inclusão – CMais já investiu cerca de R$ 35 milhões no pagamento de 343.413 mil benefícios.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

One thought on “Governador de Sergipe sanciona lei que estende benefício do Cartão Mais Inclusão até outubro

  • 16/08/2021 em 14:23
    Permalink

    Quando começa a pagar ?

    Resposta

Deixe uma resposta