Governo de Sergipe e Banese vão apoiar municípios na realização de projetos e obras

Projetar.SE oferece assessoria técnica gratuita para obras públicas municipais e faz parte do Programa de Recuperação da Economia – Avança Sergipe

O governador Belivaldo Chagas participou, nesta quarta-feira, 25, da apresentação do Projetar.SE aos prefeitos sergipanos, em evento realizado pelo Governo do Estado e pelo Banese, no Museu da Gente Sergipana.

A reunião faz parte de uma série de ações que marcam as comemorações dos 60 anos do Banese neste ano, e trouxe como objetivo o detalhamento do projeto lançado pelo Estado e pelo Grupo Banese, que oferece assessoria técnica gratuita para obras públicas municipais. O Projetar.SE é mais uma ação do Programa de Recuperação da Economia – Avança Sergipe, conjunto de medidas que vem promovendo a recuperação econômica do estado, e que tem como uma de suas vertentes o fomento de investimentos públicos.

“É uma equipe de qualidade que vai contribuir para que a gente fomente cada vez mais o desenvolvimento de Sergipe. Todo e qualquer município, inclusive até o Estado, se for necessário em algum momento, vai poder buscar o apoio do Projetar.SE para agilizar, seus projetos. É uma ação extremamente importante do Banese para ajudar no desenvolvimento dos municípios de Sergipe e para colaborar com a gestão de todos os município”, ressaltou o governador Belivaldo Chagas.

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, também presente ao evento, parabenizou a ação promovida pelo Governo e Banese. “O Projetar.SE é uma iniciativa muito positiva, para auxiliar os municípios na construção dos seus projetos, para realização de obras. É uma iniciativa que trará importantes resultados para as cidades, com o apoio do Banese”, salientou.

Atividades realizadas

As atividades do ProjetarSE foram iniciadas em fevereiro de 2021 com a realização de visitas técnicas, estudos de viabilidade, elaboração de projetos e assessorias em processos de obras paralisadas de alguns municípios.

“O projeto tem pouco mais de três meses e nós iniciamos um piloto, para testar se a nossa hipótese era válida, e conseguimos constatar que sim. Encontramos prefeituras com convênios próximos ao vencimento sem haver ainda projeto constituído pra usufruir dos recursos. Então, a partir daí, começamos a aplicar a metodologia do projeto que identifica esses recursos, para avaliar para qual finalidade ele é orientado e a partir disso, construir projetos que de fato façam esses recursos serem investidos”, explicou o presidente do Banese, Helom Silva.

O projeto-piloto foi realizado no município de Japoatã e o prefeito Cláudio Diniz Nascimento, que também estava presente no evento, agradeceu o empenho da equipe. “Japoatã recebeu o projeto-piloto do Projetar.SE e só temos a agradecer. A equipe fez a visita, elaborou o projeto e já está em fase final para ser licitado, que é uma praça. É um projeto que chegou na hora certa,  para ajudar municípios com emendas federais paradas, e Japoatã está muito feliz, só tem a agradecer por essa ação”, disse.

Desde fevereiro, já receberam visita e apoio técnico do Projetar.SE, além de Japoatã, os municípios de Muribeca, Santo Amaro das Brotas, Nossa Senhora de Lourdes, Feira Nova, São Cristóvão, Cristinápolis, Nossa Senhora do Socorro, Simão Dias, Divina Pastora, Tomar do Geru, Itaporanga d’Ajuda, Santana do São Francisco e Cristinápolis.

“Esse núcleo vem para assessorar as prefeituras na área de projetos e obras públicas. Para isso, a gente criou uma equipe multidisciplinar para trabalhar junto às equipes técnicas das prefeituras, identificando as demandas, os gargalos, os problemas, para ajudar no que é necessário em termos de elaboração de projetos. Enfim, a gente diagnostica os problemas de cada município e auxilia na resolução”, ressalta Shirley Dantas, responsável pelo Projetar.SE.

Sobre o projeto

O Projetar.SE surgiu da necessidade de resolver as dificuldades enfrentadas pelos municípios na gestão de obras públicas. Um estudo realizado a partir dos dados disponíveis no Painel de Transferências Abertas da Plataforma +Brasil, do governo Federal, aponta que das obras iniciadas em Sergipe, no ano de 2008, com recursos da União, 42,41% ainda estão em execução, 20% foram canceladas, e apenas 20,60% foram concluídas.

Realizado pelo Instituto Banese, o Projetar.SE tem ajudado gestores municipais na elaboração de projetos, desde o fomento à captação de recursos até a prestação final de contas das obras assessoradas.

“Esse projeto vem gerar desenvolvimento, que é um dos pilares do Banese. O Banese faz 60 anos neste ano, o Instituto Banese faz 10 anos junto com o Museu da Gente Sergipana, então além de comemorar, o Grupo Banese dá de presente ao estado de Sergipe um projeto estratégico. Tudo é gratuito, o investimento é todo feito pelo Grupo Banese e  entendo que será um marco na gestão pública de Sergipe”, complementou o diretor-superintendente do Instituto Banese, Ézio Déda.

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta