Jouberto Uchôa de Mendonça toma posse como imortal na Academia Nacional de Economia

O reitor da Universidade Tiradentes (Unit), professor Jouberto Uchôa de Mendonça, tomou posse na Academia Nacional de Economia (ANE) nesta quarta-feira, 24. Ele ocupará como a imortal a Cátedra nº 33, da qual D. João VI é o patrono e pela qual também foram imortalizados Aluísio Fragoso de Lima Campos, Ovídio Paulo de Menezes Gil e Jaime Câmara.

 Segundo o reitor, tomar posse na cadeira de D. João VI é um prêmio pela contribuição da Unit na formação de jovens qualificados. “Estou recebendo uma distinção que foi dada à universidade na minha pessoa. Como eu trabalhei a vida toda, desde que começou a faculdade em 1965, comecei a ver a economia, contabilidade e administração como padrões em minha vida. Comecei a ver a economia como uma profissão que contribuía para a grandeza de cada comunidade. E isso tem acontecido por meio do nosso corpo docente, professores da mais alta qualificação. Com isso, estamos ajudando nosso estado. Eu espero não decepcioná-los, principalmente, por essa distinção. Para nosso estado, estamos precisando de mãos dadas, contribuição e dedicação, para que Sergipe continue crescendo todo dia”, complementou Uchôa.

A posse foi prestigiada pela vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino, que acredita na contribuição do reitor e da Unit à economia do estado. “O professor Uchôa é uma referência para nosso Sergipe. A história dele é inspiradora e agora, tendo-o na academia, é um motivo de orgulho, orgulha nossa gente e é uma referência muito importante, muito forte. Sem sombra de dúvida, só engrandece o Estado de Sergipe. Ele já traz uma contribuição para a economia no estado pelo próprio papel que a Unit desenvolve. E não só em Sergipe, mas, hoje, a Unit é uma referência no Nordeste e é um empreendimento totalmente sergipano”, afirmou.

Foi justamente por toda a sua contribuição à sociedade que o reitor foi indicado para participar da academia. O presidente da 3ª região da ANE, Jodoval Luiz dos Santos, explicou que a ANE é aberta para pessoas de diversas áreas do saber que possam contribuir com ações que melhorem o resultado da economia brasileira. “Cada um contribui com a sua experiência para a cultura brasileira. Por isso, a entrada do professor Uchôa é motivo de alegria. Ele é um cidadão iluminado, que carrega consigo valores e aonde chega com sua sabedoria, sapiência, animação e entusiasmo, agrega valor”, disse.

Para o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe e desembargador Édson Ulisses de Melo, acadêmico da ANE, como um homem conhecido além dos limites de Sergipe, o professor Uchôa terá muito a contribuir com a academia. “A academia conquista para seu quadro um nome de expressão. É uma representação que se torna expressiva para Sergipe, uma representação qualificada no empreendedorismo e na educação. Ele é um homem que é exemplo para a sociedade sergipana e brasileira. No sistema educacional, revolucionou com seu espírito empreendedor e nós só temos que aplaudir a entrada dele na academia”, declarou.

De acordo com o vice-presidente de relações institucionais do Grupo Tiradentes, Saumíneo Nascimento, que também é acadêmico da ANE, o reitor da Unit tem vasta experiência para contribuir para a economia e para a academia. “É uma honra grande pela história que o professor Uchôa construiu, pela sua trajetória não somente na educação, mas nas questões culturais e que permeiam de forma direta o Estado de Sergipe, a região Nordeste e o país. Tenho certeza de que o professor Uchôa irá contribuir com debates, propostas e sugestões de encaminhamentos para que a ANE trabalhe no sentido de implementar novos caminhos para o crescimento do nosso país e do nosso estado”, finalizou.

Assessoria de Imprensa | Unit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *