Justiça arquiva processo de Emília contra o Imprensa 24h. A Verdade e a liberdade de expressão venceram

Num momento em que se discute a PL 2630, do Senador Alessandro Vieira, que já foi batizada como PL da Censura, um desfecho judicial traz esperanças para quem se propõe a fazer um jornalismo investigativo e corajoso como o nosso.

O Imprensa 24h nasceu com a proposta de ir muito além da notícia encontrada em qualquer blog ou site, em nosso DNA está a inquietação de quem vai a fundo na busca pela verdade, sem medo de retaliações, intimidações, cercos políticos e autoritários.

Em 2019, duas matérias publicadas em nosso site causaram indignação à vereadora de Aracaju, Emília Correa (Patriotas), o que fez com que ela buscasse através da judicialização uma forma de reparação para o que chamou à época de “Campanha de Difamação” contra a sua honra.

O teor das matérias eram muito claros e baseados em dados fornecidos pela própria vereadora ao TSE em 2018, quando Emília, após ter sua candidatura ao senado frustrada, apostou suas fichas na busca por uma vaga à câmara federal, também fracassada.

Emília informou ao TSE que pagara a Uezer Marquez, presidente estadual do seu partido, a quantia de R$ 20 mil reais para que este coordenasse a sua campanha. O detalhe é que este valor foi pago antes mesmo do serviço ter sido executado. Nesta mesma prestação de contas, Emília informou ter captado pouco mais de R$ 327 mil para custear sua campanha, sendo cerca de 91% oriundos do Fundo Eleitoral.

Em outra matéria, mostramos que, em 2 anos como vereadora, o patrimônio pessoal de Emília cresceu mais de 1000%. Esta informação também está à disposição de qualquer cidadão que souber acessar o site da Justiça Eleitoral. Para chegar a esta conta, não é precisa ser nenhum matemático. Em 2016, quando buscou a vaga na câmara de Aracaju, Emília declarou um patrimônio de pouco mais de R$ 80 mil e, em 2018, dada a candidatura a deputada federal, a mesma informou um patrimônio de quase R$ 1 milhão. A lógica é simples, não tem manipulação ou qualquer pirotecnia, é só a exposição da verdade.

Por ter formação em direito, uma carreira como defensora pública e um trabalho de notório destaque na oposição aracajuana, Emília Correa pensou que poderia nos intimidar com ações judiciais, matérias ofensivas em blogs e afins. Não deu certo. A Justiça determinou o arquivamento em definitivo do processo. Venceu a liberdade de imprensa, venceu o jornalismo independente e a verdade.

Não esperamos da vereadora nenhum tipo de retratação pública em menções nas suas redes sociais ou nos veículos de comunicação, também não a temos como adversária, algoz ou coisa do tipo. Basta uma consulta em nosso site para ver que nos últimos meses publicamos diversas matérias de interesse de Emília. Nosso contato continua ativo na lista de e-mails da sua assessoria de imprensa. E o que for fato, seja bom ou ruim para os seus projetos, será publicado. É assim que fazemos jornalismo, com independência, imparcialidade e, acima de tudo, coragem. Contra tudo e contra todos, seguiremos lançando luz sobre o que precisa ser informado. Este é o Imprensa 24h.

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta