Kitty Lima cobra regularização de transporte escolar à Seduc

A última quinta-feira, 21, foi mais um dia de agenda da deputada Kitty Lima (Rede) em órgãos do Governo de Sergipe. Desta feita, a parlamentar foi à Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seduc), onde se reuniu com o secretário Josué Modesto com o intuito de cobrar a regularização do transporte escolar em municípios do interior de Sergipe.

Kitty Lima cobra regularização de transporte escolar à Seduc

Durante a reunião, Kitty explicou que recebeu reclamações de irregularidades no transporte escolar nos municípios de Umbaúba, Santo Amaro e Aracaju, este último especificamente na Escola Estadual 11 de Agosto, no bairro Getúlio Vargas. Também foi levantada a problemática da Escola Estadual Áurea Melo, localizada no bairro Soledade, em Aracaju, local em que, segundo a comunidade, têm sido registradas falhas na rede elétrica.

“Na reclamação passada por alunos e pelos pais do interior constava uma situação de empurra-empurra entre a prefeitura e o Governo de Estado. Fiquei preocupada, fiz questão de discursar sobre o assunto na tribuna e me dispus a vir aqui para entender o entrave desta questão, bem como a que envolve a Escola Áurea”, explicou a parlamentar.

Em resposta à demanda, Josué explicou que o governo está em fase de recontratação de  novas empresas e informou que o transporte será regularizado no decorrer desta semana. Sobre a instalação elétrica da escola aracajuana, o secretário se dispôs a acionar uma equipe de manutenção elétrica para verificar e sanar os problemas ali constatados.

“Tenho cumprido uma agenda de reuniões nos órgãos do estado e fico satisfeita com o diálogo construído até aqui, sempre com o objetivo de oferecer o melhor aos sergipanos”, constatou Kitty Lima.

PL Segunda Sem Carne

Ainda na reunião, a deputada expôs ao secretário um projeto protocolado recentemente por ela na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Intitulado “Segunda Sem Carne”, o PL sugere às escolas da rede estadual que adotem a segunda-feira como um dia sem a ingestão de proteína animal e de  reflexão em relação ao consumo desenfreado de carne.

“É importante que a educação pública aborde a adoção de medidas saudáveis na alimentação dos nossos jovens e esse projeto é um pontapé inicial para o cumprimento desse objetivo.”, explanou.

Ascom Kitty Lima
Foto: Fábio Linhares

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h