Maria fala sobre campanhas de conscientização previstas para o mês de setembro

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para falar sobre o mês de setembro que traz, pelos menos, quatro campanhas importantes para a sociedade: o Setembro Amarelo, com foco na precaução e combate ao suicídio; o Setembro Verde, voltada à conscientização sobre importância da doação de órgãos; o Setembro Lilás que aborda à sensibilização da sociedade sobre a Doença de Alzheimer, e o Setembro Dourado, dedicado ao combate e prevenção do câncer infantil.

“São temáticas muito relevantes e que exigem de nós e do poder público ações que visem minorar os impactos para quem sofre diretamente com os problemas apontados”, disse a deputada, que é autora de leis que tratam sobre algumas dessas questões. “É fundamental chamar a atenção de todos os segmentos para essas questões, vivenciadas muitas vezes por pessoas que estão muito próximas de nós”, alertou.

No caso do Setembro Amarelo, ela citou o alto número de suicídios registrados nos últimos tempos no Brasil e em Sergipe. Em sua fala, ela contou que, de acordo com informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 700 mil pessoas, em 2019, tiraram a própria vida “em ato de absoluto desespero”. “Em Sergipe, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública, foram registrados 112 casos, em 2020, e 105, em 2019. São números que muito nos assustam”, disse.

A levantamento da OMS revelou, ainda, que o suicídio é a quarta maior causa de morte de jovens entre 15 e 29 anos. “Isso é muito sério, daí a necessidade de termos política pública eficiente e eficaz para combater esse mal”, disse a parlamentar, destacando a importância da sensibilização da sociedade para estar engajada nessa luta.

 

Conscientização

Ao falar sobre o Setembro Verde, Maria Mendonça lembrou da Lei 7.140/2011, que institui a Semana de Conscientização do Doador de Medula Óssea, fruto de iniciativa de sua autoria. “O poder público tem um papel super. importante no sentido de adotar políticas públicas que deem noção à população sobre a importância desse ato”, afirmou a parlamentar.

Já o Setembro Lilás é voltado à conscientização do Alzheimer, uma doença neurodegenerativa, progressiva e irreversível que afeta o cérebro e suas funções cognitivas, conforme o avançar da idade. “É uma doença que não tem cura, mas tem tratamento para diminuir sintomas e evitar o avanço. Daí a importância da conscientização da sociedade sobre o assunto”, disse, revelando que segundo dados de pesquisas, o número de brasileiros com a anomalia cresceu 127% nos últimos 30 anos.

Por fim, Maria citou o Setembro Dourado que trata sobre o câncer infanto-juvenil.  O assunto é pauta do seu mandato como deputada. É de autoria dela a Lei 7367/2011, que institui o dia estadual de combate ao câncer juvenil, no Estado de Sergipe. Ela citou que as doenças oncológicas são a primeira causa de morte na fase entre um a 19 anos. “Mas se diagnosticadas logo cedo e tratadas adequadamente, esses índices podem ser melhorados, pois a prevenção é uma aliada muito importante”, disse, citando informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca) segundo as quais “nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. 80% dos acometidos pela doença podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados”.

Para a deputada, faz necessária a implementação de políticas que precisam acontecer e se tornarem visíveis através da conscientização e sensibilização da sociedade para que esteja engajada nessas lutas.

 

Assessoria Parlamentar deputada Maria Mendonça

foto: Agência Alese  

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta