MMA: Sergipano invicto lutará com Ronaldo Jacaré para manter sua invencibilidade

Mineiro de Montes Claros, André Muniz está em contagem regressiva para aquela que considera a maior luta de sua carreira no MMA. O ‘Sergipano’, como é conhecido, vai encarar Ronaldo Jacaré no UFC 262, no próximo dia 15, em Houston, pelo peso médio (84kg). O evento contará com a presença dos fãs no Toyota Center, com capacidade para 19 mil pessoas.

 

Aos 31 anos, Sergipano está invicto no UFC, com duas vitórias e aproveitamento de 100%. Ele bateu Antônio Arroyo, por pontos, em 2019, e Bartosz Fabi%u0144ski, por finalização com chave de braço, em 2020. O mineiro chegou à organização após passar pelo Contender Series, programa criado pelo presidente do Ultimate, Dana White, para descobrir novos talentos.

Com o bom desempenho no octógono, Sergipano ganhou a chance que tanto esperava: enfrentar um nome de ponta como o capixaba Ronaldo Jacaré. O mineiro busca embalar de vez com mais um triunfo, desta vez diante de um oponente que já esteve entre os melhores da divisão dos médios, embora esteja em um momento delicado com três derrotas consecutivas.

“Essa sem dúvida é a luta com maior dificuldade, já que vou lutar contra um grande nome do MMA mundial. A expectativa é sempre de vitória, uma vez que estou muito bem fisicamente e mentalmente”, enfatizou Sergipano, que ganhou o apelido quando começou no MMA, pelo fato de os companheiros de academia o acharem ‘parecido’ com os oriundos do Sergipe.

 

Sergipano teve que fazer o campo de treinos no Rio de Janeiro, diante do impedimento em Montes Claros com o avanço da pandemia. O atleta da Tatá Fight Team (TFT) vem se preparando com uma equipe que conta com quatro técnicos de diferentes estilos de arte marcial, fisioterapeuta e preparador físico. Ele ainda passou por programa de controle de peso, com dieta focada em bater o limite dos médios, de 83,9kg.

A dificuldade de ficar longe da família, além dos custos com o um campo forte de preparação, deixam o mineiro ainda mais forte para alcançar o objetivo de deslanchar na divisão. “Estou treinando no Rio de Janeiro e preciso ficar longe da família, do conforto de casa e ainda tem o aumento dos gastos, com alimentação, transporte e alojamento. Mesmo assim, vou fazer de tudo para vencer e alcançar o top 15 do ranking UFC. Assim, vou estar cada vez mais próximo do cinturão da categoria, que é um sonho”, comentou.

Fonte: Super esporte

 

 

 

Notícias de Sergipe

Publicidade:

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta