Não poder questionar o governador foi um total desrespeito à democracia e a esta Casa, lamenta Kitty Lima

A deputada estadual Kitty Lima (Rede) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na manhã desta quinta-feira, 21, para fazer uma explanação do lamentável episódio ocorrido na audiência pública realizada nesta quarta-feira, 20, quando os parlamentares foram proibidos de emitirem questionamentos ao governador Belivaldo Chagas, que fez a apresentação do atual cenário econômico de Sergipe.

Kitty repudiou a atitude adotada pela mesa diretora da Alese que a privou de questionar ao chefe do Executivo Estadual sobre os dados apresentados e o impacto do déficit nos diversos setores da administração.

“A gente não ter a oportunidade de questionar o governador e fazer jus ao que a população, que lotou essa Casa em busca de respostas para o atual cenário financeiro caótico do estado, é um total desrespeito à democracia e esta Casa não pode simplesmente aceitar isso. A chuva de vaias ao governador, infelizmente, foi mais que merecida, apesar de eu lamentar muito o que ocorreu aqui ontem”, pontuou.

“A população se sentiu lesada e queria uma resposta do governador por meio dos seus representantes na Alese, mas infelizmente nós que estamos aqui para representar o povo fomos impedidos de fazer nosso trabalho”, completou Kitty.

Em uma rápida conversa entre Kitty Lima e o governador Belivaldo Chagas ainda na quarta-feira logo após a audiência pública, e em seguida com o secretário-Geral de Governo, José Carlos Felizola Filho, ficou acertada a formação de uma comissão com representantes de categorias para levar as demandas aos gestores com intermédio da parlamentar.

“A informação é de que na próxima segunda-feira eles terão novidades, principalmente acerca da segurança pública no que tange a convocação dos aprovados nos últimos concursos. No mesmo dia estarei em contato com Felizola para que a gente possa ir de encontro ao governador e ter as respostas necessárias aos nossos questionamentos”, informou Kitty.

Repúdio

Não poder questionar o governador foi um total desrespeito à democracia e a esta Casa, lamenta Kitty Lima

Ainda em seu pronunciamento, Kitty repudiou o texto publicado nesta quinta-feira por um jornalista onde este afirma que os deputados integrantes do G4 (Kitty Lima, Georgeo Passos, Rodrigo Valadares e Dr. Samuel) utilizaram do momento da audiência pública para se autopromoverem por meio das pessoas que ocupavam toda a galeria.

“Quero aproveitar a oportunidade é deixar claro também o meu repúdio a essa nota que disse que o G4 preparou um palanque diante de toda insatisfação exposta ontem nesta Casa. Quero ratificar que a população tem mais que o direito de ocupar esta Casa e acompanhar os trabalhos que aqui são feitos diariamente. Acredito que nenhum dos deputados que integram o G4 precisa pagar ônibus para que pessoas venham aplaudir a demanda que trazemos em prol da população e do nosso estado”, garantiu Kitty Lima.

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 99672-6073
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h