“O Auxílio Brasil será essencial para as famílias e para a retomada da Economia”, afirma Gustinho Ribeiro

O Governo Federal encaminhou para a Câmara dos Deputados na segunda-feira, 9, a Medida Provisória que trata da criação do novo programa social “Auxílio Brasil”, que vai pagar um benefício 50% maior do valor médio do Bolsa Família, que atualmente é de R$ 189. O “Auxílio Brasil” poderá ir para R$ 283,50.
O novo programa irá substituir o Bolsa Família em três modalidades de benefício básico: para primeira infância, para famílias com jovens de até 21 anos de idade e para a complementação para famílias que não conseguirem sair da extrema pobreza mesmo após receber os benefícios anteriores.
O deputado federal Gustinho Ribeiro afirmou que esta decisão irá impactar positivamente a vida das pessoas mais necessitadas. “Durante a pandemia, nós tivemos milhões de famílias que foram prejudicadas pela crise. Com a chegada do programa “Auxílio Brasil”, as pessoas poderão ter mais dignidade. Além disso, a Economia brasileira será impulsionada”, afirmou Gustinho.
A medida provisória vale assim que for publicada no Diário Oficial da União. O texto precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado em até 120 dias para não perder a validade. “Vou trabalhar para que ela seja aprovada. A justiça social é uma das bandeiras do nosso mandato e fazer com que as famílias mais vulneráveis possam se reestruturar após esta crise é fundamental”, garante Gustinho.
“Precisamos trabalhar para que o País volte a crescer. O auxílio emergencial ajudou e muito as pessoas que sofreram com a pandemia. Agora, o Auxílio Brasil aumenta o leque de ações do antigo Bolsa Família e dará mais independência para as famílias brasileiras em situação de pobreza”, disse Gustinho Ribeiro.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta