O réveillon da Saúde Mental

Sair, caminhar, conversar, ficar em casa, ficar em silêncio. São muitas opções, mas você pode se perguntar: De que forma me sinto bem? Apesar do ano de 2020 ser considerado atípico por conta da pandemia, o campo da saúde mental está presente em qualquer ocasião, sendo assim a pergunta que não quer calar é: Como lidar com tantas ocasiões diferentes durante esse período? Levando em consideração as pessoas que se sentem mais suscetíveis aos fortes sentimentos deixaremos aqui duas dicas saudáveis para atravessar a passagem do ano:

 

1ª) Dica- Planeje fazer algo que gosta. Para pessoas que sentem ansiedade excessiva, síndrome do pânico ou outra patologia, é importante não entrar em um campo de batalha com sua própria saúde, apenas para provar aos outros que pode fazer tudo o que quiserem, você pode ser humano, ninguém é superherói, se algo não te faz bem avise antes, e aos que estiverem próximos recebam as limitações dos outros com empatia e compreensão. Procure estar em um lugar onde se sinta bem. Um exemplo prático disso é procurar não fazer “testes” sobre locais ou situações onde os sintomas de emoções nocivas possam acontecer.

 

2ª) Dica – Esteja perto de pessoas que você gosta e que também gostam de você – Pessoas que não aceitam você, que te rejeita e te reprova não são companhias saudáveis para se estar perto. Evitar conflitos desnecessários não custa nada. Aquela história de suportar todo tipo de distrato, e ser literalmente tolerado em um ambiente não combina em nada com uma passagem de ano novo descente. A vida é curta demais para sermos “tolerados”, estamos na vida para sermos respeitados.

 

Portanto, fica aqui uma dica da melhor roupa para se vestir: a dignidade, ou seja, não ser pano de chão de ninguém, e também não amarrar uma bola de ferro no pé de ninguém. Estamos vivendo um tempo em que os tabus estão sendo quebrados, família é quem te respeita, se prender a laços sanguíneos que te odeia, e só te faz mal, já era.

 

Meu nome é Andréa Modesto e estaremos aqui semanalmente conversando nesta coluna. Me siga no meu canal do You Tube: Andréa Modesto ou Facebook: www.facebook.com/andrea.liberty.5 

 

 

Por Andréa Modesto
Assistente Social
Pós Graduanda em Saúde da Familia
Mestranda em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente
Atua na área da saúde emocional autora do Projeto Saúde da Alma.
E-mail: anmosa21@gmail.com

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta