Órgão indicado por Fábio Reis tenta paralisar obra do Hospital do Amor, em Lagarto

Na tarde desta sexta-feira, 20, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão indicado pelo deputado federal Fábio Reis, notificou à presidência do Hospital do Amor, em Lagarto, sobre a paralisação imediata das obras que já estão em curso.

A Unidade Oncológica seria referência nacional no estudo, pesquisa, prevenção e tratamento contra o câncer. Além disso, a obra conta com o investimento de mais de R$ 150 milhões e tinha uma expectativa de que circulasse na Economia de Lagarto cerca de R$ 10 milhões mensais após a unidade ser inaugurada.

O terreno onde se encontra a obra foi doado pela prefeita da cidade, Hilda Ribeiro, e, após a conclusão, seria a maior unidade de estudo, prevenção e tratamento contra o câncer no Norte-Nordeste, onde receberiam pessoas de todo o país, além da geração de emprego e crescimento econômico.

Segundo o órgão o qual Fábio Reis indicou, o empreendimento foi considerado de media e alta interferência sobre as condições vigentes do solo, grandes áreas de interferência, com limitada ou inexistente flexibilidade para alterações de localização e traçado.

Moradores e pessoas que já chegaram a comemorar o início da obra, questionam se existe a possibilidade de Fábio Reis estar envolvido na decisão de paralisação, por ciúmes ou rivalidades políticas, tendo em vista que o deputado federal Gustinho Ribeiro, marido de Hilda Ribeira e seu rival político dentro do município, foi um dos principais responsáveis na articulação para vinda do hospital para o Estado de Sergipe e por destinar grande parte de suas emendas à realização deste projeto.

Diante das dúvidas, a única certeza que se tem é que quem vai acabar perdendo nessa história é todo o Nordeste e, principalmente, os pacientes que sofrem com o câncer e que teriam mais essa evolução no Estado.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta