“Ouvimos a população, identificamos os problemas e apontamos soluções”, afirma Sheyla Galba

A saúde na capital foi o tema abordado pela vereadora Sheyla Galba (Cidadania) em discurso, nesta terça-feira (16), na Câmara Municipal de Aracaju. A parlamentar levou à Tribuna os problemas enfrentados pelos usuários das unidades de Saúde da capital em relação aos exames e consultas.

“É assim que nós trabalhamos: ouvimos a população, identificamos os problemas e apontamos soluções. O objetivo é o tratamento digno para nossa gente. Gostaria de usar meu espaço neste Grande Expediente para, mais uma vez, e farei quantas vezes for necessário, expressar minha indignação com algumas coisas que acontecem na Saúde do nosso município”, afirmou a vereadora.

Sheyla Galba detalhou a visita realizada por sua assessoria à UBS Augusto Franco e o problema relatado pelos pacientes. “Que pode ser simples para a gestão, para o sistema, para quem não usa o serviço, mas para o paciente é um problema gravíssimo. Identificamos que o usuário precisa ir toda semana à UBS e que eles não ligam pra avisar que nem a consulta e nem o exame foram liberados”, salientou.

“Ou seja, os cidadãos precisam frequentar as unidades de saúde para saber em que pé está o seu atendimento. O que nós ficamos sabendo, diante desse quadro, é que diversas pessoas acabam perdendo seus exames e suas consultas simplesmente porque não são avisadas. Ou seja, quando os cidadãos não podem ir por algum motivo e a consulta foi naquele momento, simplesmente perdem e precisam fazer tudo novamente”, complementou.

Para a vereadora, é preciso uma melhor regulação do serviço. “É realmente necessário que o paciente fique se deslocando para a unidade semanalmente, pegarem filas, enfrentarem o calor, o desconforto, a possibilidade de pegar nova doença, para saber se a consulta e os exames foram liberados?”, questionou.

Sheyla Galba ressaltou ainda que os usuários também reclamaram do aplicativo da Saúde Municipal. “O aplicativo é sim uma boa saída para esse problema, mas as pessoas disseram que não funciona. Tanto que pedem a eles que compareçam semanalmente às unidades de saúde. Portanto, vamos apresentar um requerimento solicitando uma explicação de como funciona esse fluxo para que possamos ajudar, trazer aqui para o plenário, ouvir sugestões para que possamos melhorar o atendimento da nossa população”, enfatizou.

A parlamentar deixou como sugestão que, durante o atendimento, o paciente informe se tem acesso facilitado ao aplicativo da Saúde. “Em caso positivo, seguimos o fluxo. Em caso negativo, a UBS ficaria responsável por ligar para a pessoa para informar o dia do seu atendimento. O problema pode parecer pequeno para quem não usa, mas quem sente na pele e enfrenta essa dificuldade sabe bem do que estou falando”, concluiu.

Assessoria de Comunicação

Vereadora Sheyla Galba (Cidadania)

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *