Polícia Unida: Políticos da polícia tentam aumentar 10 mil de salário para quem já recebe 25 mil

O movimento Polícia unida tem vários políticos que disputou os últimos processos eleitorais e que podem estar usando essa causa para desgastar o governo e se promover para as eleições do próximo ano, onde defendem aumento de 10 mil sob salário de quem já recebe 25 mil, a exemplos de: Delegada Danielle Garcia, que foi candidata a prefeita da capital sergipana e foi derrotada em 2020; Adriano Bandeira, foi candidato a vereador no mesmo ano e acabou derrotado em Aracaju; e Major Ildomario, eleito 2° suplente do senador Alessandro Vieira nas eleições de 2018. Vale ressaltar ainda que o senador poderá disputar o governo de Sergipe em 2022.

Polícia Unida: Políticos da polícia tentam aumentar 10 mil de salário para quem já recebe 25 mil

A capacidade de Pagamento do Estado de Sergipe melhorou em 2021 e conquistou o conceito B no ranking de reconhecimento da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), que mede anualmente a capacidade de pagamento dos estados brasileiros, mas tudo que já foi conquistado até o devido momento está correndo risco de ser jogado fora se o governador Belivaldo ceder à pressão do movimento polícia unida, que visa aumentar os salários dos policias em 40%, o que seria um adicional de periculosidade. Sem dúvida é uma causa digna, mas no momento tão delicado como o que estamos vivendo, a decisão Oria inviabilizar a política econômica do estado, impedindo que outras categorias possam ter reajustes e podendo levar a atrasos de salários para todos os servidores. Atrasar salários para aumentar 10 mil reais para quem já recebe 25 mil e prejudicar os servidores que recebem 1200 reais não é justo.

Os servidores estaduais vinham sofrendo desde de 2014, recebendo os salários atrasados, que eram realizados no mês seguinte. Em fevereiro de 2021, após muitos esforços do atual governador Belivaldo Chagas, foi possível trazer os pagamentos integralmente para dentro do mês, incluindo todos os servidores ativos, inativos e comissionado. Com isso, os servidores foram beneficiados com o que era seu por direito e o governador passou a cumprir o que era sua obrigação.

O retorno dos salários dentro do mês foi uma conquista muito importante nesse momento tão delicado de pandemia, que abalou a economia em todo Brasil. Após 1 ano e 6 meses de pandemia, já podemos ver vários sinais da crise econômica que estamos vivendo. O cidadão comum ver os preços subirem em coisas essências, como: energia elétrica, gás de cozinha, combustíveis e alimentos, como o preço da carne que aumentou absurdamente.

Por. Nélio Miguel Jr

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

 

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta