Polícia Unida: Queremos justiça, valorização e verdade!

RESPOSTA DO POLÍCIA UNIDA AO GOVERNADOR BELIVALDO CHAGAS

Na sua última entrevista, Belivaldo disse que os policiais pedem 10 mil de gratificação. Não é correto manipular a opinião pública com generalizações convenientes. Vamos restabelecer a VERDADE.

Na tentativa de jogar a sociedade contra o movimento Polícia Unida, o governador utiliza o subsídio do último grau das carreiras policiais civis e militares. A grande maioria da classe tem salário bem inferior. Por que ele não usa como exemplo o salário de acesso em cada instituição? São os piores ordenados de ingresso em corporações policiais no Brasil! Na Polícia Civil, a base é 4.500 reais, portanto a periculosidade seria de 1.800 reais. E na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros, a base é 3.370 reais, logo, a periculosidade seria de 1.348 reais. E isso, considerando que o percentual de 40% pleiteado fosse concedido, mas o governo nunca fez sequer uma contraproposta.

É preciso que se diga que outras carreiras do serviço público estadual recebem periculosidade equivalente a 30% de seus salários e os empregados da iniciativa privada que exercem atividades perigosas, como manda a CLT, da mesma forma. Sem falar que nem a concessão dos 40% seria suficiente para repor as perdas inflacionárias ao longo de 8 anos, que já acumula 52%. Ele realmente é ruim de matemática, mas quando é conveniente!

Enfim, o Movimento Polícia Unida, por diversas vezes, já se mostrou flexível e disposto a aceitar uma forma escalonada de implementação, o que diminuiria o impacto nas contas públicas num primeiro momento. O que não dá é pra continuar inventando desculpa e desrespeitando a Constituição!

A polícia só quer justiça, diálogo, verdade e que seus direitos sejam respeitados e cumpridos.

Por. Polícia Unida

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta