Por dissidência na eleição da Mesa da Assembleia, Garibalde amarga sucessão de derrotas políticas

O deputado emedebista bateu chapa com um correligionário na disputa pela presidência da Alese. Derrotado na disputa, perdeu o comando do diretório do partido na capital e a indicação do espaço ocupado pelo MDB na gestão Edvaldo, aliado a quem direciona agora recados ressentidos.

Filiado ao MDB, o deputado estadual Garibalde Mendonça abriu divergência interna no partido ao montar uma chapa, com deputados da oposição, e concorrer à presidência da Assembleia Legislativa (Alese), em 1º de fevereiro, contra o então presidente da casa, o correligionário Luciano Bispo (MDB), candidato natural à reeleição com apoio do bloco governista, do qual faz parte o parlamentar ora dissidente.

Garibalde, apesar de ser um político experiente, ignorou a orientação partidária e a política de grupo, se jogou nos braços do bloco oposicionista, apostou numa eleição fadada ao insucesso e, como resultado dessa jogada torta, coleciona agora uma série de derrotas políticas no âmbito interno do partido em Aracaju.

Derrotado por Luciano Bispo na disputa pela presidência da Alese, Garibalde perdeu também, dois meses depois, a presidência da executiva municipal do MDB de Aracaju, agora ocupada pelo ex-governador Jackson Barreto. Na sequência, Garibalde viu escapulir das suas mãos a indicação do espaço ocupado pelo MDB na gestão do prefeito Edvaldo Nogueira.

A sucessão de derrotas, em tão curto espaço de tempo, parece não permitir ao deputado Garibalde Mendonça ler de forma adequada o que lhe ocorre atualmente. Por não digerirem a dissidência de Garibas na eleição da Mesa da Alese, seus correligionários, valendo-se da maioria que detêm na sigla, tiraram-lhe os espaços de poder que este ocupava em nome do partido.

Mesmo sabendo que as recentes perdas políticas que amarga resultam do conflito intrapartidário que criou, Garibalde se mostra magoado é com Edvaldo, aliado que se mantém correto com o MDB de Aracaju e sequer participa das discussões internas dos emedebistas, que impuseram ao deputado a derrota que o faz ressentir-se com o prefeito da capital.

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 98808-2651
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta