Porque a espiritualidade é um fator importante na reabilitação de pacientes dependentes químicos?

Independente da sua orientação religiosa todos sabemos o quanto é importante acreditar em uma força maior que a nossa, o Grupo Nova Vida vê isso como uma dos pilares primordiais para a recuperação de dependentes no processo de internamento e após também.

 

Segundo o fundador das clínicas de recuperação Grupo Casoto, a espiritualidade tem sido referida por ser de fundamental importância no tratamento e na recuperação de dependentes. Alcoólicos Anônimos (AA) e outros programas de mútua-ajuda estabelecidos mundialmente têm a recuperação baseada nos “Doze Passos”, que enfatiza a confiança em um “Poder Superior”, a prática da prece e da meditação para promover uma experiência religiosa e um contato consciente com Deus.

 

Como funciona a espiritualidade no tratamento da Dependência Química?

A dependência química é uma patologia que está ligada à falta de limites e a dificuldade de lidar com as dificuldades, frustrações, inerentes à vida humana – é uma das patologias psiquiátricas mais graves do século 21.

A cada dia mais, observam-se complicações como conflitos familiares, aumento nos índices de agressividade, suicídio e internações emergenciais por overdose e consequente óbitos como fatores presentes no cotidiano da dependência química.

Não é raro encontrarmos pessoas que se desenvolveram muito na dimensão intelectual, que têm sucesso na profissão, mas são pessoas frágeis emocionalmente e ignoram a importância da vida espiritual. Este descompasso causa uma insatisfação interior muito grande.

Quantos jovens e velhos se drogam por não encontrarem um sentido para suas vidas ou porque não conseguem lidar com suas inquietações interiores que na maioria das vezes nem sabem nomear?

O ser humano, para ser feliz precisa desenvolver as três dimensões da vida (física, emocional e espiritual) de forma harmoniosa.

Quando um dependente vai para um tratamento em uma clínica de recuperação que tem como bases os 12 Passos e a reabilitação psicossocial, recebe ali um apoio que engloba as três dimensões do ser humano: física, emocional, e espiritual.

Os indivíduos, quando já tragados pela dependência química, estão no seu todo disfuncionais, estão com sérios comprometimentos orgânicos, psicológicos e neurológicos. Seus relacionamentos tanto familiares quanto sociais se encontram abalados.

O dependente químico troca o amor pelas drogas, deixa de se amar e de amar qualquer ente querido. A droga passa a ser um poder superior, que faz com o dependente perca totalmente o contato com Deus amantíssimo, o que faz com que cada dia mais ele se deixe destruir pela sua doença.

Fernando complementa e finaliza dizendo que através da espiritualidade os dependentes químicos que se predispõem a um tratamento entram em um processo de abertura interior, começando a observar a dependência química por outro prisma, isto é, começam a perceber o caminho percorrido, atingindo a maturidade para balancear o positivo e negativo de sua doença  – assim também como o reconhecimento dos defeitos de caráter, as máscaras que se deixam cair – e descobrindo que, o que parecia bom e prazeroso tornou-se um pesadelo.

Em resumo a sua entrevista, o Grupo Casoto acredita e por experiência própria que se o desenvolvimento espiritual pode originar a sobriedade e recuperação em dependentes, é natural que seja considerado como um tratamento suplementar.

Saiba mais sobre as clínicas de recuperação Grupo Casoto através de seus canais oficiais:

 

https://www.instagram.com/grupocasoto/

https://www.facebook.com/grupocasoto/

https://www.grupocasoto.com.br

WhatsApp: (11)94797-6909

 

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta