Prefeito de Aracaju solicita ao Ministério da Saúde novas doses da Coronavac

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, enviou ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta terça-feira, 27, no qual solicita o envio de doses da vacina Coronavac para reforço da imunização no município. Em decorrência de atrasos no envio do imunizante pelo Ministério, a aplicação da segunda dose na capital sergipana está prejudicada. No documento, Edvaldo informa a “necessidade urgente de envio de 11.893 doses da Coronavac para uso como segunda dose” nas pessoas que completarão o prazo de 28 dias para recebimento da vacina de reforço.

Ao detalhar, no ofício, de forma transparente, como se deu a utilização das 48.020 doses de Coronavac, para primeira aplicação, recebidas pela Prefeitura de Aracaju até o momento, o prefeito ressalta que, em atendimento à recomendação do Ministério da Saúde, de 21 de março deste ano, a Secretaria Municipal da Saúde utilizou as segundas doses como primeira dose como parte da “estratégia de ampliação da imunização”.

Além disso, relatou Edvaldo, “a capital também passou a fazer o aproveitamento das sobras de D2 como D1 nos grupos prioritários”. “Todas estas estratégias foram realizadas confiantes de que viessem mais doses de Coronavac para a referida reposição, o que não vem ocorrendo há duas semanas”, disse. Na conclusão do documento, o prefeito de Aracaju diz esperar contar com “gesto de colaboração” do Ministério da Saúde.

Nota técnica

O envio do ofício ao Ministério da Saúde ocorre um dia após a Secretaria Municipal da Saúde divulgar nota na qual explicita a situação da falta das segundas doses de Coronavac, em decorrência do não cumprimento do cronograma estabelecido pelo órgão federal junto aos municípios brasileiros. Diversas cidades, inclusive outras capitais, estão enfrentando o mesmo problema. O próprio ministro Marcelo Queiroga reconheceu a falta das doses, durante participação em audiência pública, no Senado, nesta segunda-feira, 26.

A Secretaria da Saúde de Aracaju informou que “aguarda a publicação da nota técnica do Ministério da Saúde sobre que procedimentos deverão ser adotados em relação a esta situação e, na quarta-feira, dia 28, divulgará as medidas que serão adotadas pelo município”.

Vacinação em Aracaju

Até a segunda-feira, 26, foram vacinados 109.107 aracajuanos, o que equivale a 16,40% da população da capital sergipana. Desse total, 35.520 receberam a segunda dose da vacina. Somente ontem, 769 pessoas que fazem parte do público priorizado nesta etapa da campanha foram vacinadas no drive-thru e na Escola Municipal Presidente Vargas. Atualmente, podem receber a vacina em Aracaju idosos com idade acima de 60 anos, profissionais da saúde, pessoas com Síndrome de Down e Autismo, além de profissionais das Forças Armadas, Segurança e Salvamento.

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Publicidade:

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta