Prefeito de Socorro e secretário de comunicação são condenados a multa por propaganda eleitoral antecipada

Nesta quarta-feira (02), o juiz José Adailton Santos Alves – 34ª Zona Eleitoral – assinou a sentença em que condena o prefeito de Socorro, Padre Inaldo (PP) e o secretário de comunicação, Carlos Ferreira, a pagar multa por propaganda eleitoral antecipada, expostas em redes sociais e canal televisivo.

O valor da multa ficou definido em  20 mil reais ao prefeito do município de Socorro e mais 20 mil ao secretário de comunicação, que, segundo a justiça, também possui culpa, pois é um jornalista e não poderia ir contra ao que prevê a lei.

Padre Inaldo, por sua vez, tentou se defender, afirmando que “não praticou nenhum fato relatado na representação, e não tinha conhecimento prévio sobre tais fatos, bem como não existiu propaganda eleitoral antecipada, pois sequer houve pedido de voto”, mas a justiça não se absteve dos fatos já apresentados.

Além da multa, ficou determinado a retirada urgente das propagandas eleitorais antecipadas em redes sociais, TV e rádios.

 

 

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta