Prefeitura Aracajuana traça plano de vacinação contra covid-19 alinhado às diretrizes do Ministério da Saúde

Diante das análises preliminares para registro e outras informações de vacinas contra a covid-19 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), reuniu equipe técnica para montar o planejamento de vacinação a ser executado pelo Município.

 

De acordo com a secretária da pasta, Waneska Barboza, a Prefeitura já estuda a ampliação de rede de frios (locais de armazenamento de vacinas), quantitativo de Unidades Básicas de Saúde que irão disponibilizar o imunobiológico, público prioritário e a necessidade de aquisição de insumos.

 

“Montamos um planejamento para atender a população com segurança e com tranquilidade. É importante ressaltar que temos três vacinas contra a covid em análise e que toda ação do Município será de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde”, explica Waneska.

 

Inicialmente, detalha a gestora, a Secretaria da Saúde de Aracaju irá seguir o plano de imunização contra a covid-19 do governo Federal, o qual prevê vacinação da população em quatro fases, com definição dos grupos prioritários feita a partir de critérios epidemiológicos, clínicos e populacionais.

 

Segundo Waneska, a estimativa da Secretaria é imunizar mais de 126.400 aracajuanos. Na primeira fase, devem receber a vacina trabalhadores da área de saúde e idosos com mais de 75 anos e idosos acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência.

 

Na segunda fase, serão imunizados idosos entre 60 e 74 anos em qualquer situação. Na terceira fase, serão imunizados pessoas com condições de saúde relacionadas a casos mais graves da covid-19. E a quarta fase abrange professores, profissionais da segurança, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

Planejamento

 

A proposta inicial é que a vacinação seja realizada, em Aracaju, em 40  Unidades Básicas de Saúde, já que a rede municipal possui quatro UBS exclusivas para síndrome gripal.

 

Dessas 40 UBS, 13 funcionam em horário estendido e as salas de vacina deverão funcionar de segunda a sexta-feira, de 8 às 18 horas. São elas: Hugo Gurgel (Coroa do Meio), Francisco Fonseca (18 do Forte), Max Carvalho (Ponto Novo), Antônio Alves (Atalaia); Dona Jovem (Bairro Industrial), Manoel de Souza (Conjunto Sol Nascente), Santa Terezinha (Robalo), Joaldo Barbosa (Bairro América), José Calumby (Jardim Centenário), Augusto Franco (Augusto Franco), Fernando Sampaio (Castelo Branco), Cândida Alves (Santo Antônio) e Sinhazinha (Grageru).

 

Nas demais 27 Unidades, as salas estarão abertas de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas. O planejamento da Secretaria apresenta, ainda, a possibilidade de vacinação drive-trhu nos estacionamentos de shoppings e no campus Farolândia da Universidade Tiradentes. E está em análise, também, a aquisição de insumos como seringas e equipamentos de proteção individual (EPIs), caso se faça necessário.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta