Prefeitura de Aracaju realiza I Workshop de Mídias Sociais

Por meio da Secretaria Municipal da Comunicação (Secom), a Prefeitura de Aracaju realizou, nesta quinta-feira, 12, o I Workshop de Mídias Sociais, iniciativa planejada para o aperfeiçoamento dos comunicadores que atuam na administração municipal. Além da capacitação, o evento possibilitou, também, a integração entre os profissionais da comunicação a partir da troca de experiência vivenciada dentro de cada secretaria e empresa municipal.

O encontro contou com a participação de Rafael Terra, palestrante e autor do livro “Marketing no Instagram”; de Fabilini Sousa, diretora de mídia da Digi&Tal e especialista em mídia programática; e de Ana Célia Costa, fundadora da Escola de Redes Sociais.

Conforme o secretário municipal da Comunicação, Carlos Cauê, a Prefeitura tem uma preocupação constante no que diz respeito à atualização dos servidores, pois enquanto administração pública, tem o dever de informar a população sobre os principais temas e serviços prestados, e além do site institucional, as redes sociais são um dos meios mais importantes de conexão com o público.

“Desde os aspectos de conteúdo até os aspectos tecnológicos, o mundo da comunicação vem apresentando uma evolução muito rápida, muito instantânea, e isso tem alterado a natureza do processo de comunicação, o modus operandi da comunicação e, fundamentalmente, as plataformas que possibilitam um maior alcance da mensagem. Então, é natural que busquemos essa aproximação com os avanços que essa área tem apresentado, que busquemos uma maior sintonia com o que tem de mais moderno, atentos às experiências inovadoras, sobretudo no campo da comunicação institucional e, assim, trazer essa experiência para dentro da Prefeitura”, aponta o secretário.

Para Cauê, a comunicação municipal possui a dimensão da utilidade pública e isso demanda um aperfeiçoamento constante. “Milhares de pessoas precisam das informações que o serviço público produz para se orientar, quer seja na relação com a cidade, no uso dos serviços que a cidade oferece ou mesmo saber das atividades que a cidade vem executando. É uma necessidade premente de comunicação porque é de onde se origina os serviços gerais de Aracaju. É preciso que a cidade tenha, então, capilaridade, graus de ligação com a Prefeitura”, acrescenta Carlos Cauê.

À frente de um dos braços da comunicação da Prefeitura, o diretor de Mídias Digitais da Secom, Kaike Lamoso, salienta que incorporar novos conhecimentos é fundamental para potencializar o serviço prestado à população.

“A internet impõe essa velocidade de dinâmica, portanto, temos que buscar essa atualização constante. Esse workshop é um ar novo, um olhar diferenciado que vem a agregar ao trabalho que já realizamos. Por lidarmos com a comunicação pública, equilíbrio e bom senso é tudo. Temos o dever de comunicar, mas nos adaptamos à linguagem de cada rede social, procurando nos encaixar dentro do contexto da internet e do momento para, assim, levar os serviços municipais de forma mais eficiente aos aracajuanos”, complementa Kaike.

Ampliação de horizontes
Há 15 anos na área digital, o jornalista Rafael Terra ministrou a palestra “Instagram como ferramenta de marketing” e reforçou a necessidade do serviço público se atualizar a respeito das formas de comunicação.

“As redes sociais estão sempre em beta, ou seja, sempre em modificação. Para as pessoas acompanharem, principalmente os profissionais de comunicação, elas também precisam estar em beta, em busca de constante conhecimento. Durante muito tempo, a atenção das pessoas esteve nas mídias tradicionais, na TV, principalmente, só que, hoje, as redes sociais têm maior atenção das pessoas, e a rede social em que as pessoas ficam por mais tempo é o Instagram. Quando falamos de uma empresa, falamos de uma marca para um público-alvo. Já quando falamos de uma prefeitura, a gestão pública tem que abraçar a todos, então, é um grande desafio de comunicação. Enquanto prefeitura deve-se ter uma linguagem que chegue a todos, então, ao mesmo tempo que é mais difícil, se a Prefeitura levar uma linguagem humanizada e sendo sempre aquilo que ela deve ser, que é servir ao público, com certeza dá certo”, afirma Rafael.

Para a publicitária Fabilini Sousa, palestrante que explanou sobre o tema “Mídia Programática e conteúdo”, a gestão pública também precisa ter uma comunicação estratégica.

“A mídia programática já é trabalhada em muitos governos de forma muito sólida e é um ecossistema que permite agilidade, que traz, realmente, essa questão de inteligência para toda a comunicação e a disseminação dos objetivos. Essa atualização promovida pela Prefeitura é muito importante porque as redes sociais são um mercado que muda muito e sempre está em constante evolução, assim como o público, por isso é tão necessário agregar novas ideias e formas de olhar para conseguir diferenciação e, de fato, construir um ambiente digital sólido”, pontua Fabilini.

Como a terceira maior rede social utilizada no Brasil (segundo país com mais usuários ativos – atrás, apenas, da Índia), o WhatsApp foi o foco da terceira e última palestra ministrada pela jornalista e fundadora da Escola de Redes Sociais Ana Célia Costa.

“Embora tenhamos várias ferramentas, vários softwares, a teoria, o objetivo da comunicação pública é o mesmo, que é passar um conteúdo útil, informar a população, o que já é obrigatório por lei. Neste workshop passamos estratégias para que se possa adaptar o formato do conteúdo que já é útil, e obrigatório, só que de um jeito mais leve, e até divertido, e fazer com que o cidadão entenda o que é que ele deve saber sobre a sua cidade”, complementa Ana Célia.

Agregando conhecimento
Para a jornalista e assessora da vice-prefeita de Aracaju, Tanuza Oliveira, “esse workshop foi uma excelente oportunidade para agregar conhecimento técnico à nossa prática na lida diária com jornalismo e rede social, esta última que tem crescido de forma significativa, inclusive na comunicação institucional, mas que, por ainda ser relativamente recente, requer atualização constante”, diz. “Além disso, a Prefeitura selecionou profissionais renomados e referência em suas áreas, capazes de abordar temas relevantes e com os quais realmente lidamos diariamente”, ressalta.

A assessora de comunicação da Secretaria Municipal de Planejamento Orçamento e Gestão (Seplog), Marina Lopes, frisa que o evento é mais uma forma de estar pronto para o dinamismo imposto pelo movimento das redes, “e, assim, conseguir levar o melhor para o trabalho de comunicação da Prefeitura”. “Acredito que esse workshop vem a fortalecer essa marca da gestão, da valorização do servidor, em capacitar, qualificar e melhorar o seu corpo de servidores para promover um trabalho melhor para a sociedade”, analisa.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta