Ricardo Marques abraça o Dia de Doar e pede colaboração para instituições de Sergipe

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) abraçou o Dia do Doar, que será realizado nesta terça-feira, 30 de novembro, e fez uma campanha para arrecadar alimentos e materiais de higiene para distribuir para instituições filantrópicas.

Durante o mês de novembro, Ricardo fez um apelo nas sessões da Câmara Municipal de Aracaju e também nas suas redes sociais reforçando a necessidade do fortalecimento da cultura de doação. O parlamentar visitou algumas organizações do terceiro setor e reconheceu de perto a realidade e necessidade de cada uma.

“O Dia de Doar deve ser todos os dias. As instituições que realizam um trabalho sério precisam de ajuda para manter o acolhimento de pessoas carentes. As instituições não têm ajuda do poder público e cada um de nós precisa ajudar de alguma forma. Qualquer ajuda é muito bem vinda, seja em dinheiro, doação de roupas, sapatos, livros, alimentos não perecíveis, materiais de higiene ou qualquer objeto/produto que você tem em casa e não usa mais. Tudo pode ser levado para o bazar da instituição que vocês escolher e ser revertido em captação de recursos. Vamos doar”, convida e vereador.

O Movimento Doa Sergipe vai realizar pelo terceiro ano consecutivo ações no Dia de Doar com o objetivo de reforçar a importância de fortalecer a cultura de doações. O dia solidário será nesta terça-feira, 30 de novembro, e as atividades começam cedo no Hemose com o apelo para a população doar sangue e segue durante todo o dia nas instituições e empresas parcerias que se uniram em prol da solidariedade.

Em Sergipe, 10 instituições estão participando as ações do Movimento Doa Sergipe, são elas GACC, Apae Itabaiana, Apae Lagarto, Lar De Zizi, Casa Santa Zita, Chave do Futuro, Instituto Agatha, IBEM, Projeto Ações com Amor e Remonta- LGBTI+. Estão recebendo ações no Dia de Doar, Aracaju, Nossa Senhora da Glória, Itabaiana, Nossa Senhora do Socorro e Lagarto.

A mobilização que é nacional visa estimular a doação de pessoas físicas, empresas e organizações e tem um papel fundamental ao mostrar que todos podem participar, fortalecendo o hábito de doar como parte do cotidiano das pessoas. Já as organizações sem fins lucrativos podem realizar ações para receber doações, virtuais ou presenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *