Rodrigo Valadares e presidente da Sindguarda buscam possibilidades de Convênio Habitacional para Guardas Municipais com Caixa Federal 

Na manhã da última terça-feira, 23, o presidente do Sindguarda, Fernando Lima, a presidente do sindicato da Guarda Municipal de Carmópolis, Tâmara de Oliveira, e a Frente Parlamentar em prol das Guardas Municipais, representada pelo Deputado Estadual Rodrigo Valadares, reuniram-se com os Superintendentes da Caixa Econômica Federal para buscar possibilidades de um Convênio Habitacional para a classe desses trabalhadores.

Durante a sessão remota, o parlamentar esclareceu que a solicitação é uma forma de contribuir com o sonho da casa própria, ao mesmo tempo em que valoriza e enaltece a Guarda Municipal no Estado.

“Se não fosse a Caixa, grande parte da população brasileira não teria realizado o sonho maior do cidadão, que é a casa própria. O que a gente busca aqui é justamente facilitar para que os Guardas Municipais realizem esse sonho e que possamos chegar em um entendimento para prestigiar essa importante categoria que protege a todos nós e vive uma situação muito defasada. A gente vê que a Polícia Civil e a Polícia Militar têm uma valorização muito grande no estado de Sergipe e a Guarda Municipal foi ficando cada vez mais esquecida”, pontuou.

Fernando e Tâmara contaram que a ideia surgiu a partir da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco, que conseguiram criar um convênio com a Caixa Econômica, através de um programa chamado Casa Segura, permitindo que estes profissionais recebam até 70% de desconto em alguns imóveis que são adjudicados e os Agentes de Segurança Pública poderiam conseguir o financiamento em 100%, e agora tem buscado implantar essa situação ou alguma outra que englobe esse mesmo sentido em Sergipe.

Publicidade:

Um dos Superintendentes do banco, Ismael Boaventura, explicou que, para os convênios habitacionais, a Caixa deve seguir as regras de uma operação, como restrições cadastrais, análise de sistema de risco de crédito, dentre outras. Quanto ao convênio solicitado, Ismael declarou ser interessante e se comprometeu em buscar as condições atuais com a gerência de alienação de imóveis.

“É um convênio que traz condições realmente bem diferenciadas para os imóveis adjudicados, que são os imóveis que já foram financiados e a caixa adjudicou por não haver adimplência e nós temos muitos imóveis espalhados pelo interior de Sergipe. Vamos verificar com nossa Gerência de Alienação os termos e as condições atuais para caminharmos nesse sentido”, disse.

Após fazer as consultas das condições específicas que demandam os imóveis adjudicados, o Superintendente garante que retornará o contato, colocando em pauta as demandas necessárias para finalizar o processo.

 

 

 

 

Por Assessoria de Imprensa

 

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *