Rodrigo Valadares fala sobre decisão da Polícia Federal frente a denúncias feitas por Alessandro Vieira

Na manhã desta segunda-feira, 26, durante entrevista à Rádio Jornal de Aracaju, o deputado estadual, Rodrigo Valadares, falou sobre a decisão do Pleno do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) em extinguir a investigação movida pela Polícia Federal (PF) contra ele, a partir de uma denúncia, tida como sem fundamento, feita pelo senador Alessandro Vieira.

Para todos relembrar o caso, o parlamentar explica como tudo aconteceu. “Tecnicamente, nós nunca fomos denunciados, nem indiciados. O que aconteceu foi, no começo do ano passado, logo no início da pandemia, eu fui surpreendido com a Polícia Federal bem cedo em minha casa, 06 horas da manhã, com uma operação de busca e apreensão, por conta de um suposto compartilhamento de uma notícia que dizia que o senador Alessandro Vieira era de centro-esquerda. Esse foi o grande crime que mobilizou toda essa força judiciária para 6 horas da manhã ir na casa de um deputado e foi um momento muito difícil para mim e para a minha família, principalmente para os meus filhos que ficaram muito assustados, mas eu confio muito na justiça e a polícia estava apenas fazendo o seu trabalho, sendo sempre muito profissionais”.

Após cerca de um ano, especificamente na última semana, a justiça decidiu que não há fundamento algum na investigação, tornando-a extinta. “Não há nenhum crime em você dizer que uma pessoa é de esquerda, direita ou centro”, afirma o deputado.

Ainda segundo Rodrigo, forças ocultas podem ter atuado para que o senador tomasse tal posicionamento. “Estava no início da pandemia e eu também, neste ano, fui candidato a prefeito em Aracaju, em concorrência direta com Danielle Garcia, que é uma pessoa maravilhosa, não tenho nada contra ela, mas era apadrinhada política de Alessandro e a gente faz o questionamento: Será que houve alguma motivação eleitoral para Alessandro ter apresentado essa denúncia?”, indaga.

Finalizando, o deputado destaca o quanto a Polícia Federal foi extremamente correta e comemora a decisão judicial. “A certeza que tenho é que a verdade foi restabelecida e é isso que a gente espera para todo o nosso país sempre que houver alguma injustiça”.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Publicidade:

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta