Samuel Carvalho descumpriu legislação eleitoral ao gastar acima do permitido nas eleições 2020

Na disputa pelo comando da prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, no ano passado, o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho desrespeitou a legislação eleitoral e gastou mais do que o limite permitido.

Apesar de os candidatos a prefeito de Socorro só poderem gastar, na campanha eleitoral de 2020, R$291.995,25, Samuel Carvalho contratou despesas da ordem de R$357.882,97, ou seja, quase R$66 mil do limite permitido.

De acordo com a norma da Justiça Eleitoral, gastar recursos além dos limites estabelecidos sujeita os responsáveis ao pagamento de multa no valor equivalente a 100% da quantia que exceder o limite estabelecido. Sendo assim, Samuel deve devolver aos cofres púbicos mais de R$600 mil.

Quando disputou o mandato de deputado estadual, em 2018, Samuel já havia sido punido pela Justiça Eleitoral ao pagamento de multa por ter tido suas contas rejeitas pelo Tribunal Regional Eleitoral. Apesar disso, na eleição seguinte, o parlamentar voltou a desrespeitar as normas eleitorais e deve ser novamente punido.

Samuel Carvalho descumpriu legislação eleitoral ao gastar acima do permitido nas eleições 2020

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta