Seduc promove acolhimento de gestores de Juventude e bate-papo sobre políticas públicas em Encontro Estadual

Em articulação com os 75 municípios sergipanos, a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Coordenadoria Especial de Juventude (Cejuv), promoveu nesta quinta-feira, 6, o terceiro Encontro Estadual de Gestores de Juventude. O evento, que ocorreu de forma online, tem os objetivos de acolher os novos gestores municipais de juventude, apresentar institucionalmente as ações da Cejuv, ampliar a discussão sobre as políticas públicas, criar a Rede Jovem de Sergipe, apresentar a proposta do Plano Estadual de Juventude, além de ampliar o acesso aos serviços do Governo do Estado. Outras premissas do encontro são proporcionar qualificação para os gestores e socializar experiências locais.

Fazendo a abertura do evento, o superintendente executivo da Seduc, professor José Ricardo de Santana, defendeu a importância da relação direta da pasta Juventude com a Educação. Ele considera de extrema relevância que as políticas que contemplam uma pasta sejam estendidas a outra, especialmente quando se trata da Educação Profissional Tecnológica (EPT). “Temos trabalhado bastante para que essa realidade seja transformada e que cada jovem tenha mais oportunidades. A formação e qualificação profissional é um grande passo para aqueles que esperam e buscam mudar de vida, conciliando seus estudos com algum curso; por esta razão estamos ampliando as parcerias para que isso seja possível”, disse ele, incentivando os gestores a fortalecerem as ações de combate à evasão escolar nos seus municípios.

Ainda sobre a EPT, a diretora do Departamento de Educação (DED), professora Ana Lúcia Lima, reforçou as informações de como a Secretaria de Educação vem fortalecendo a modalidade em todo o território sergipano, que visa a implementar a política de Educação Profissional Técnica, democratizando o atendimento e possibilitando a articulação com o mundo do trabalho, da ciência e tecnologia. Sergipe possui 15 Centros Estaduais de Educação Profissional em 17 municípios, os quais têm cursos distribuídos em diversas áreas e níveis, com a oferta de cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) e cursos técnicos. Além disso, outro tema tratado pela gestora foi a expansão da EPT, cuja proposta prevê a abrangência de municípios, cursos e integração com outras modalidades, como o Novo Ensino Médio, Ensino Médio em Tempo Integral, por meio dos cursos integrados, e EJATEC.

A secretária Nacional da Juventude, Emilly Coelho, vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, foi uma das convidadas do encontro sergipano. Na oportunidade, ela explanou acerca das ações da pasta no âmbito nacional e da importância do diálogo entre governos estaduais e prefeituras para fortalecer as políticas de juventudes locais. “Essa articulação expande de forma significativa o alcance dos projetos e incentiva outros gestores a pensarem em iniciativas que modifiquem suas realidades no que diz respeito ao acesso a oportunidades”, pontuou. Outro ponto destacado pela secretária foi a competência do SNJ, que tem a finalidade de promover pesquisas e diagnósticos sobre a juventude brasileira, além de elaborar, consolidar e executar as Políticas Nacionais de Juventude.

Marcus Barão, presidente do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), também trouxe sua contribuição para o evento. Inicialmente, ele apresentou o programa Juventude Empreendedora, iniciativa que tem por objetivo capacitar jovens entre 17 e 29 anos para se tornarem empreendedores. A expectativa é de que, com as capacitações desenvolvidas pelo programa, sejam criadas condições favoráveis para a promoção e geração de emprego e renda, mesmo em tempos de pandemia. Em seguida, o presidente lembrou a necessidade de ampliar o acesso dos jovens às informações sobre a covid-19, vírus que, diante das muitas variações, infelizmente, tem infectado muitos jovens. “Temos que reforçar essa informação sobre como se cuidar entre a comunidade jovem e sensibilizar a população sobre os riscos”, disse.

O Conselho Estadual da Juventude de Sergipe (Conejuve) também participou do encontro de gestores. O presidente Jonathas Hora apresentou as ações do conselho desde a sua fundação e qual tem sido a prioridade do colegiado para os interesses do jovem sergipano. “O conselho tem como finalidades promover o controle social das políticas públicas da juventude, assegurar os direitos da juventude, formular e propor as diretrizes da ação governamental voltadas à promoção de políticas públicas de juventude, fomentar os estudos e as pesquisas acerca da realidade socioeconômica juvenil, fortalecer a autonomia organizacional e participação social da juventude. O Conejuve é composto de 28 conselheiros titulares e seus respectivos suplentes, representados pelo poder público e pela sociedade civil”, informou o presidente.

A palestra “O Envolvimento do Jovem é o Desenvolvimento da Juventude”, do Encontro Estadual de Gestores, ficou por conta do produtor cultural Bruno Ramos, que é articulador Nacional do Movimento Funk, colunista do Mídia Ninja e ex-conselheiro Nacional da Juventude. Na ocasião, ele fez uma explanação sobre a falta de oportunidades para o jovem de periferia e como gestores públicos podem se articular para mudar esse cenário. “É de fundamental importância que tenhamos esse olhar mais sensível com as regiões periféricas; que possamos integrar ainda mais políticas de acesso aos programa sociais e de geração de emprego e renda para esse público”, declarou. Ele defendeu que a política para juventude deve acontecer como um ato contínuo, que não mude de acordo com os governos, além de mostrar sobre mobilização social, processos da juventude e criação de redes.

Para o coordenador da Cejuv, Eduardo Oliveira, que mediou o evento online, o encontro foi bastante enriquecedor. Ele avalia ser primordial a socialização de experiências no âmbito do serviço público, cujos dirigentes conduzem com muita responsabilidade suas funções e as ações em seus municípios. Ele lembrou ainda que o intuito do evento estadual foi criar uma rede de comunicação e compartilhamento de informação, possibilitando ao jovem conhecer e utilizar os serviços que o governo disponibiliza, assim como discutir e debater ainda o Ensino Técnico Profissionalizante para esse público.

Publicidade:
Assessoria de Comunicação da SEDUC – ASCOM

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta