‘Será que já não é hora da instalar a CPI da Covid na Câmara Municipal de Aracaju?’, questiona Ricardo Marques

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) utilizou seu espaço no Grande Expediente da sessão da Câmara Municipal de Aracaju, desta quinta-feira, 21 de outubro, para mostrar aos colegas a necessidade da instalação da CPI da Covid no parlamento municipal.

“Muitos assuntos graves estão sendo investigados pela Polícia Civil, Polícia Federal, Ministério Público e outros órgãos competentes de forma mais técnica. Acredito que chegou a hora de ir além e criar uma CPI para focar nos fatos que ocorreram durante a pandemia no ano passado e início deste ano, em Aracaju. Muita gente perdeu seus entes queridos e enfrentou muitas dificuldades para internação em hospitais. Nós parlamentares vamos ficar só assistindo? Não podemos ficar de braços cruzados. A CPI tem o objetivo de investigar de forma abrangente e não separada todos esses casos”, argumenta.

Ricardo começou o discurso comentando sobre a investigação que a Polícia Civil fez para apurar as causas do incêndio que vitimou cinco pessoas na Nestor Piva. “O inquérito foi concluído e segundo a Polícia Civil, o incêndio foi causado por aumento de carga no sistema elétrico recorrente da derivação de tomadas feitas de forma irregular. Isso já traz uma reflexão: o local estava além de sua capacidade? Justamente no local que estavam os pacientes com Covid-19 em estado grave? E as todas as vagas que estavam sendo criadas?

Ricardo lembrou outras situações. “Desde a instalação do Hospital de Campanha que a população implorou para que a Prefeitura de Aracaju abrisse mais leitos de UTI. Os hospitais ficaram superlotados e o desespero foi grande. Os leitos só começaram a aparecer no meio do primeiro semestre deste ano, 1 ano depois do início da pandemia. Demorou muito por questões burocráticas e transferência de responsabilidade para o Governo do Estado. Mas a responsabilidade é de todos, penso eu, afinal estamos falando de vidas”, ressalta.

O vereador reforçou a necessidade da instalação da CPI da Covid. “Existem muitos questionamentos e precisamos buscar as respostas. A CPI tem essa função e quem ganha é a população que vai ter acesso a todas as informações e descobrir verdadeiramente o que aconteceu. Diversas dúvidas ainda existem em relação ao Hospital de Campanha desde a sua instalação e também queremos saber profundamente sobre caso do servidor público que conseguiu transferir dinheiro da Secretaria da Saúde para a sua conta pessoal”. E as famílias das vítimas do incêndio do Hospital Nestor Piva? O que aconteceu depois? Penso eu que é chegada a hora de uma atuação mais incisiva por parte dessa casa, “Será que não está na hora de instalar uma CPI da COVID em Aracaju?”, perguntou o vereador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *