Sergipe aparece entre os Estados que reduziram o endividamento público

Levantamento do Jornal Valor Econômico sobre endividamento público das unidades federativas aponta que o Governo de Sergipe se posiciona entre os que alcançaram em 2019 redução da relação Despesa Corrente Líquida e Receita Corrente Líquida (DCL x RCL).

A informação foi divulgada nesta sexta-feira  (28), apontando que o nível de endividamento do Estado recuou de 46,12% da receita em 2018 para 45,81% em 2019. O resultado positivo é reflexo da política de recuperação da arrecadação implementada pelo governo, complementada por ações de ajuste fiscal, controle de gastos e enxugamento da máquina administrativa.

Aliado a essas ações, Sergipe teve em seu favor a distribuição de recursos da cessão onerosa e a redução da taxa de juros. Com mais recursos à disposição, o secretário da Fazenda, Marcos Antonio Queiroz, explica que “todas essas ações possibilitaram ao Estado honrar seus pagamentos com os credores, colocando mais recursos na economia local e reduzindo o comprometimento financeiro do Estado”.

O esforço do Governo do Estado na melhoria da situação financeira também produz reflexos na evolução de outros indicadores, como a elevação do rating de Sergipe da letra D para a letra C na classificação de crédito, com reconhecimento inclusive da Secretaria do Tesouro Nacional e Caixa Econômica Federal.

Publicidade:

O secretário da Fazenda destaca também a melhora no índice de liquidez e lembra ainda que, em dezembro último, o Banco Central já havia reconhecido a redução da dívida líquida de Sergipe. “O grande avalista dessa política fiscal vitoriosa do governo chama-se Belivaldo Chagas. É uma política voltada para o crescimento econômico de Sergipe”, conclui.

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

 

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *