Sheyla Galba cobra solução para falta de medicamentos de quimioterapia e abertura de mais leitos de UTI em Aracaju

Dois temas foram destacados pela vereadora Sheyla Galba (Cidadania) em discurso na Câmara Municipal, nesta quinta-feira, 22. O primeiro foi sobre a necessidade de abertura de leitos de UTI para atender pacientes com Covid-19 na capital. Em seguida, a parlamentar reforçou a cobrança à Secretaria de Estado da Saúde em relação à falta de medicamentos para tratamento de pacientes oncológicos no Hospital João Alves Filho.

“Desde fevereiro, quando iniciamos os trabalhos aqui na Casa, que venho pedindo pelos pacientes oncológicos que estão com o tratamento interrompido. Os cinco medicamentos usados para tratar linfoma, carcinoma, leucemia e mieloma seguem em falta no Hospital João Alves Filho. A secretaria de Estado da Saúde diz que o problema é a logística e a falta de matéria-prima, mas um paciente conseguiu comprar um dos medicamentos”, detalhou a vereadora.

Sheyla Galba relatou ainda que recebeu uma ligação informando que 20 pacientes com câncer de colo de útero, que fazem braquiterapia, estão desde dezembro sem tratamento no Hospital João Alves. “Peço que os colegas vereadores façam comigo uma força-tarefa para entender o porquê estes problemas estão ocorrendo e buscar uma solução. Embora pareça que as pessoas só estão morrendo de Covid, eu sei quantas pessoas com câncer, especialmente mulheres, que estão morrendo por falta de tratamento”, ressaltou.

A vereadora voltou a destacar a necessidade do Município de Aracaju também se responsabilizar com os pacientes oncológicos. “Pois todos são tratados na capital. Inclusive, existe uma Lei do ex-vereador Sandro de Miro que eu quero ampliar e incluir os pacientes com câncer para que consigam consultas e exames com mais brevidade”, salientou.

Leitos UTI

Ainda no discurso, a parlamentar externou sua preocupação com a falta de leitos para pacientes com Covid-19 na capital. “Como foi dito aqui na Casa por outros parlamentares, estão seguindo uma lei de 2015 para justificar a não abertura de leitos de UTI pela Prefeitura de Aracaju. Mas estamos em um momento de pandemia e eu acredito que o Executivo Municipal pode sim fazer um planejamento para abrir leitos de UTI na capital. Peço que a secretaria municipal veja essa possibilidade, pois muitas pessoas estão precisando”, frisou Sheyla Galba.

Assessoria de Comunicação

Publicidade:

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta