Simão Dias ganhará Centro Cultural que exalta a história do município

Ainda em parceria com o Banese, Belivaldo autorizou o projeto de construção da nova ponte do Povoado Ilhota

Após inaugurar o Ginásio de Esportes José Maria Costa, em Simão Dias, nesta sexta-feira (20), o governador Belivaldo Chagas assinou Protocolo de Intenção entre o governo do Estado, Banese e Instituto Banese para restauração de um prédio centenário onde será instalado o futuro Centro Cultural de Simão Dias. Ainda em parceria com o Banese, Belivaldo anunciou o projeto de construção da nova ponte do Povoado Ilhota. Na ocasião, também, foi realizada a entrega instrumentos musicais à Associação Religiosa de Culto Afro do Povoado Caraíbas de Cima.

“Resgatar as memórias e incentivar a cultura para o nosso povo é uma forma de valorizar os simaodienses de ontem, de hoje e do amanhã. Tenho muito orgulho da minha terra e sei que meus conterrâneos também têm. Esse espaço além de preservar esse casarão antigo e a história de Simão Dias, será mais um atrativo para a cidade”, destacou Belivaldo.

O Protocolo de Intenções para restauração, reforma e ampliação do prédio centenário, localizado na Avenida Coronel Loiola, nº 127, na Cidade de Simão Dias-SE, visa a instalação de um moderno equipamento de arte e cultura para o município, como explica o diretor-superintendente do Instituto Banese, Ezio Déda. “É um projeto que vai marcar a história do município, porque a gente vai restaurar um casarão secular, de 1919. Esse casarão está completamente abandonado, faremos a restauração de sua fachada histórica e implantaremos um centro cultural contemporâneo, com instalações interativas, recursos audiovisuais de última geração, onde a gente vai contar a trajetória do município de Simão Dias, desde sua fundação até os dias de hoje”.

O Protocolo estabelece uma parceria voltada para realização do projeto arquitetônico de restauração, reforma e ampliação da edificação; curadoria, museografia e pesquisa histórica; realização de projetos complementares de engenharia e tecnologia; execução da obra completa, contemplando a reforma, ampliação e restauração do imóvel, com instalação de equipamentos de climatização, segurança e iluminação; execução da cenografia e aquisição do mobiliário especificado; aquisição dos equipamentos e demais itens correlatos especificados no projeto museográfico (sinalização, site, identidade visual, projeto gráfico).

Ponte do Povoado Ilhota

O governador autorizou, ainda, o projeto de construção da nova ponte do Povoado Ilhota, sobre rio Caiçá.  A ação é um projeto piloto do Projetar.SE, uma iniciativa do Governo do Estado, por meio do Banese, que leva apoio técnico gratuito aos municípios sergipanos para aceleração de obras. O orçamento inicial previsto pra obra gira em torno de R$ 880.000,00.

Pensado pelo Governo do Estado e Banese, e executado pelo Instituto Banese, o Projetar.SE chega para auxiliar os gestores municipais no planejamento de projetos em obras públicas, fomento à captação de recursos federais e internacionais para melhorias e construções, assessoria na execução e prestação de contas destas obras. Trata-se de um apoio técnico gratuito que tem em seu horizonte o aumento do desenvolvimento econômico e social de todas as cidades dos oito territórios. A iniciativa vem responder aos problemas enfrentados pelos gestores municipais na concorrência pelos recursos, criação de projetos, organização de documentação, condução e prestação de contas no âmbito das obras públicas.

O Projetar.SE é mais uma ação do Programa de Recuperação da Economia – Avança Sergipe, conjunto de medidas que vem promovendo a recuperação econômica do estado, e que tem como uma de suas vertentes o fomento de investimentos públicos.

Instrumentos Musicais

Durante a solenidade, O Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe, realizou, também, a entrega de instrumentos à Associação Religiosa de Culto Afro do Povoado Caraíbas de Cima, que tem como presidente Aristeu de Jesus Reis. Na ação, foram entregues 03 xequerês; 03 tantans ; 03 surdos de 18 polegadas; 01bongô pele animal; 01 reco reco de metal; 01 maraca; 03 berimbaus profissionais; 03 agogôs duplos em alumínio; 03 caxixis e 01 trio de atabaque laqueado.

“É o fortalecimento da cultura que deu origem a todo o povo sergipano e brasileiro, então, cada grupo desse, cultural, quilombola ou não, que tenha necessidade de fortalecer a sua identidade, com a ajuda do poder público é importante. Nós sabemos da falta de recursos que há nas comunidades em geral, principalmente, num momento de pandemia, então é importante o poder público entender essa necessidade e, através da sua política cultural, no caso, o governo de Sergipe, através da Funcap, oferecer esses instrumentos necessários para o fortalecimento da identidade cultural, da religiosidade, da cultura afro-brasileira”, afirmou a superintendente da Funcap, Conceição Vieira.

Estiveram presentes na solenidade, a vice-governadora Eliane Aquino, os deputados federais Fábio Reis e Fábio Mitidieri; os deputados estaduais Luciano Bispo (pres. da Alese, Zezinho Sobral, Luciano Pimentel e Diná Almeida; o ex-deputado federal André Moura; os prefeitos Cristiano Viana (Simão Dias), Simone de Dona Raimunda (Riachão do Dantas), Iggor Oliveira (Poço Verde) e Zé Augusto de Zé de Loló (Pedra Mole); a presidente da Câmara de Vereadores de Simão Dias, Irailde, representando todos os representantes do Legislativo municipal; os ex-prefeitos Marival Santana (Simão Dias), Pedrinho (São Domingos) e Luciano de Vital (Macambira); os secretários estaduais José Carlos Felizola (Segg), Ubirajara Barreto (Sedurbs), Mércia Feitosa (Saúde), José Modesto (Seduc) e Lucivanda Nunes (Seias); Helom Oliveira, presidente do Banese, dentre outras autoridades.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta