Sindicatos cobram lockdown em Sergipe, Fora Bolsonaro e Eleições Diretas

Pela vida, emprego, renda, liberdades democráticas e contra a flexibilização do isolamento, o movimento sindical e social em Sergipe construíram duas manifestações nesta quarta-feira (10/6) em frente ao Palácio dos Despachos e em frente à Assembleia Legislativa de Sergipe. O ato aconteceu ao mesmo tempo nos dois lugares para demarcar a cobrança aos poderes Legislativo e Executivo.

“Fora Bolsonaro e Mourão”, “Novas Eleições já” e “Lockdown em Sergipe” são as bandeiras de luta unificada das centrais sindicais CUT/SE, CTB, CONLUTAS e UGT que estão à frente deste  protesto em Sergipe.

O presidente da CUT/SE, Roberto Silva, defendeu o lockdown no Estado como medida necessária e urgente para salvar vidas e reduzir contaminação. “Vidas importam. Quantos precisam adoecer e morrer por Covid-19 para o Estado decretar o lockdown e fechar tudo para reduzir a contaminação e óbitos?”, questionou.

O movimento sindical de Sergipe está junto com os trabalhadores de todo o Brasil que querem Eleições diretas já e Fora Bolsonaro e Mourão.

“O governo federal foi eleito com base em fake news e chegou até aqui massacrando os direitos dos trabalhadores. Neste momento de pandemia, a gente sente de forma mais cruel o ódio que todo o governo Bolsonaro sente pela classe trabalhadora que está na linha de frente lutando contra o Coronavírus, arriscando sua saúde e de sua família, e muitas vezes perdendo sua vida nesta luta sem ter o mínimo de dignidade e reconhecimento por parte deste desgoverno”, afirmou.

 

Com informações de Iracema Corso

 

 

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Publicidade:

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta