Tendência: especialista explica os benefícios do tratamento ortodôntico com alinhadores invisíveis

A busca por solução de problemas relacionados à saúde atrelada à estética tem se tornado cada vez mais forte entre os brasileiros, e nos procedimentos ortodônticos isso não é diferente. No mercado há alguns anos, os aparelhos invisíveis, que são, na verdade, alinhadores transparentes que têm a mesma função do aparelho ortodôntico tradicional -cuidar da saúde bucal- tem se tornado uma tendência entre os aracajuanos que buscam um tratamento ortodôntico com menos exposição, mais higiene e até com um período de tratamento mais curto. O ortodontista Diego Borrajo, especialista na técnica, em Aracaju, tem percebido um aumento significativo na procura pelos famosos alinhadores em seu consultório, localizado na Zona Sul da capital sergipana.

“Esse é um aparelho destinado às pessoas que buscam um tratamento estético. Muitas pessoas se importam com os aparelhos de metais, por não serem tão discretos, então os alinhadores invisíveis chegam com a perspectiva de solucionar esse problema, já que são 100% estéticos. O aparelho é discreto, transparente. Além disso, ele não é fixo, sendo fácil de remoção para realização de higiene, refeições. Estamos falando de um tratamento mais prático e moderno. E, em tempos de valorização da imagem e de praticidade, as pessoas não pensam duas vezes, por isso a procura em meu consultório tem aumentado cada vez mais”, explica o cirurgião dentista.

O tratamento é personalizado e pode ser usado por todas as faixas etárias. “Esse é um tratamento que pode ser realizado em crianças, adolescentes e adultos. No decorrer do tratamento, o paciente vai trocando, em sequência, o alinhador de acordo com a evolução. Diferente do aparelho convencional, que geralmente permanece o mesmo do início ao fim do tratamento sendo feito ajustes conforme o planejamento do profissional”, pontua Diego.

A produção dos alinhadores é feita através de tecnologia de ponta e com o planejamento totalmente digital. “Por meio de um software CAD (desenho assistido por computador), obtém-se a simulação da movimentação dentária. O especialista analisará, modificará e aprovará o tratamento antes dos alinhadores serem fabricados. Se aprovado o planejamento, é feita uma estereolitografia para construir os modelos dos dentes para cada etapa do tratamento. Os alinhadores são fabricados tendo os modelos como referência  e enviados ao ortodontista, que iniciará o tratamento”.

Além de ser mais rápido, o tratamento é recomendado desde casos mais simples até mesmo aos mais complexos. “O período de tempo para o tratamento é, em média, mais rápido do que o aparelho convencional, então o tempo não é desculpa para você não usá-lo. Como pontuei, antes do tratamento é necessário realizar um planejamento muito rigoroso para que possamos ter resultados surpreendentes. O aparelho é utilizado para casos simples e complexos também, e o resultado será fruto do planejamento e das técnicas do seu cirurgião-dentista. Mas, vale ressaltar, que alguns casos específicos não são tratados com esse tipo de aparelho, por isso a importância da avaliação”, reforçou.

Apesar de ser um tratamento com um custo maior, Diego Borrajo explica que faz toda a diferença para quem busca conforto e principalmente estética. “Entendemos que nem todas as pessoas que precisam do tratamento estão dispostas a usarem o aparelho mais visível devido à exposição e ao desconforto. Então, apesar de ser um pouco mais caso, a gente está falando de um tratamento 100% estético, mais rápido, mais higiênico e que garante um conforto maior. Ou seja, o custo benefício vale muito a pena”, finaliza.

Assessoria de Imprensa 

AGÔ – Comunicação Estratégica

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta