Tratamento com acupuntura é ofertado no SUS Aracaju pelo Cemar Siqueira Campos

Inserida nas Práticas Integrativas e Complementares disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS), a acupuntura é uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina há 26 anos no Brasil. Na capital, o serviço é ofertado pela Prefeitura de Aracaju no Centro de Especialidades Médicas (Cemar Siqueira Campos), que entre janeiro e agosto deste ano realizou 289 atendimentos.

Coordenado pela Secretaria Municipal da Saúde, o serviço funciona desde 2004 e recebe pacientes encaminhados das Unidades Básicas de Saúde e a partir de encaminhamento de especialistas do próprio Cemar Siqueira Campos, ambos os casos, via sistema de regulação.

De acordo com a coordenação do Centro de Especialidades, no período de janeiro a agosto de 2021 foram agendados 186 pacientes para a primeira consulta, e desses agendamentos 54 compareceram. Após esse primeiro atendimento, os pacientes são encaminhados para as sessões de acupuntura; nesse mesmo período, foram realizados 289 procedimentos.

Essa especialidade cabe em diversos tipos de patologia e é associada à medicina ocidental. A Acupuntura Sistêmica é realizada através da inserção de pequenas agulhas em pontos específicos do corpo, auxiliando a circulação de energia para alívio de dores ou inflamações.

“É um tratamento com diversas indicações, mas geralmente, os pacientes que chegam até o serviço sofrem dores crônicas, como enxaquecas, fibromialgia, dores lombares ou reumatismo. Mas a acupuntura pode ser indicada para qualquer patologia, pois complementa muito bem o tratamento ocidental. Pessoas que não podem usar anti-inflamatório, por exemplo, como os pacientes com insuficiência renal crônica, respondem muito bem ao tratamento com a acupuntura”, explica a médica Maria Aparecida Mesquita.

Ainda de acordo com a profissional, geralmente, o usuário já é encaminhado com a patologia investigada, mas na primeira consulta também é realizada uma avaliação. O tratamento inicial inclui dez sessões, podendo ser ampliado, mediante novo encaminhamento para regulação.

“Por conta da pandemia, no último ano, o atendimento sofreu alterações, mas com a redução de casos [de covid] e a flexibilização dos serviços, estamos atendendo regularmente aqui no Cemar. E diante do número de pessoas infectadas pelo vírus, muitas delas sofreram com a doença, e a acupuntura tem muito a contribuir na recuperação das sequelas da covid-19. Muitas pessoas que passaram pela doença estão contraídas, doloridas e estressadas mentalmente, e a acupuntura também auxilia nessa recuperação”, salientou a médica Maria Luiza de Melo.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta